quinta-feira, 25 de setembro de 2014

a cabeça nas montanhas sempre nos fez mais aéreos.


o último pássaro que passou, voou.
subiu tanto que foi tostado no alto.
virou frango a passarinho.
o homem se apaixonou pelo voo dos pássaros e quis voar também.
e um brasileiro foi lá e inventou o avião.
uns dizem que sim, outros dizem que não,
mas foi mesmo um mineiro que inventou o avião.
a cabeça nas montanhas sempre nos fez mais aéreos.
isso é coisa antiga!
e o tempo que ganhamos nas alturas às vezes perdemos cá embaixo.
e os americanos do norte insistem nos wright brothers...
acredito muitos mais nos santos que nos demônios!
o santos voa! os demônios não tem asas.
santos dumont,
direto do alto dos montes mineiros,
cheio de inspiração,
faltou-lhe recursos tecnológicos e paris bem o recebeu,
daí, deu no que deu: avião inventado e todo mundo pede bis!


quarta-feira, 24 de setembro de 2014

ela veio me abraçar de madrugada e eu me senti tão bem!


ela veio me abraçar de madrugada e eu me senti tão bem!
estávamos caminhando,
ela com aquela dificuldade ofegante e eu ajudando.
íamos devagar não sei para onde.
paramos um pouco para descansar e ela me deu um abraço forte.
meu Deus...senti-me abraçado pela mãe natureza
como se fosse aqui!
senti o relevo do marcapasso do lado direito
ajustando o que estava errado,
e pude sentir o bater daquele coraçãozinho cheio de amor.
não passa um dia nesse mundo que eu não me lembre dela,
e ela veio me retribuir com um abraço de mãe.
fiquei muito feliz e percebi o quanto ela está próxima mesmo
tão distante da nossa razão, do nosso conhecimento.
agradecido, acordei, sorri e meditei sobre este abraço,
depois voltei para os meus momentos oníricos,
buscando de novo a ponta do laço.

tiau pessoal! disse ela ao se despedir dos chapas.


tiau pessoal! disse ela ao se despedir dos chapas.
trabalharam pesado para ganhar apenas um tiau pessoal.
um dos chapas carregou peso por 9 meses seguidos!
o outro cuida bem dela desde a grande mudança de 2010.
mas tudo bem, amanhã os chapas estarão lá,
no mesmo canto ao sol esperando novas cargas
e novas recompensas.

sábado, 20 de setembro de 2014

dormindo ou acordado!


passeio dia sim, dia sim com minha amora...
vai sê bão pra lá!
se bem que, às vezes ela encosta nos ombros que descobriu
serem delas ha quase cinco anos e dorme...
dorme aquela dormida tipo vigília,
bem longe ainda do sono rem.
haaaa...mas isso não convém!
uma encostada de leve no ombro tudo bem,
mas daí perder os melhores refrões, os melhores passes,
como numa mágica, num passe de hipnotismo...
não...depois cê cochila!
já sei! foi aquele teatro entediante??
tenho mesmo é que te fazer rir!
vamos no bananinha bananinha?
ele nos fará morrer de rir!
não se preocupe!
to de olho em todas as promoções e gratuidades!
vamos rodar todos os teatros e museus das cidades
do triângulo das bermudas estampadas mineiras!
talvez sumiremos numa peça,
ou mergulharemos tão profundamente nos acordes
da orquestra de violoncelos que nem saberemos
se sonho, se realidade!
bom mesmo é estar ao seu lado,
dormindo ou acordado!

mal com mau, maul.


pessoas que se comportam mal em teatros e outros ambientes do tipo,
mal sabem o mal que fazem a si mesmas.
mal com mau, maul.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

ajudamos no processo de aquecimento global.


o sol ta escaldando e produzindo um calor descomunal.
a gente pensa que a chuva vem e nada!
uma estrela emergente e quente,
mas não mais quente que a gente.
o suor escorre e ajuda a manter a temperatura corporal,
bebemos água a litros e não precisamos ir ao banheiro.
picolés de vários sabores e sorvetes também não nos fazem muito bem.
nos jogamos nas águas congelantes do ártico norte
ou da antártida, mas as águas estão duras como gelo!
e nós, nus em pelo, ao cairmos sobre as pedras congelantes,
ajudamos no processo de aquecimento global.
quero banho frioooo!!
simbora prum rio!!!
água sempre fresquinha e cheia de peixes!
podemos passar frio e calor,
mas passemos juntos e com muito amor!
faça chuva ou faça sol, peço-te, apenas,
que nunca me deixes!

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

é o piscar dos olhos da dona yolanda.


muitos preferem morrer.
outros, amam profundamente a vida
e se esforçam pela dignidade daqueles
que estão na iminência mortal.
bebês, crianças, adolescentes, adultos, idosos...
pessoas que não tem mais solução aos olhos tortos da ciência e aos olhos tapados de tanta gente...
esclerose, avc, traumas, má formação congênita,
toda sorte de coisas que qualquer sujeito
está sujeito, mas que ninguém quer de nenhum jeito!
talvez, basta para isso um por do sol.

lá estão eles, lutando pela vida onde a sociedade acredita não habitar mais.
corpos cansados, lágrimas, sorrisos que não sabemos.
o hospital de retaguarda são francisco de assis,
na cidade de ribeirão preto é um exemplo
de que vale cada suor por uma vida,
ou, que seja, pela manutenção dela.
as histórias que correm os quartos são motivos para não desistir.
cada ser sofrido que passou por ali teve um pouco de paz nas horas finais de suas vidas.
puderam ter o cuidado que talvez não tiveram de seus próprios familiares
ou do estado.
aliás, o estado muitas vezes se mantem em estado vegetativo,
promovendo o desmatamento de cidadãos que merecem todo esforço possível.
a vida é uma dádiva tão preciosa que devemos fazer de tudo para sermos bons
e demonstrar nossa gratidão de maneira escancarada: vivendo!

a gente vive e aprende.
aprendendo, podemos ensinar.
é assim:
um ciclo.

terminar paralisado numa cama, certamente, não é o sonho de ninguém.
de repente, estar preso dentro das limitações do seu corpo
e depender de outras pernas, outras mãos, outros corações.
ter, as vezes, apenas o piscar dos olhos como um código para demonstrar
que está vivo, que entende o que se passa em volta.

é o piscar dos olhos da dona yolanda.

uma senhora com seus cinquenta e poucos anos,
totalmente inerte no leito.
mereceu serenata especial com uma música homônima
e parabéns pra você em português e espanhol.
cantamos "nesta data querida" para rimar com "muitos anos de vida".
será que ela quer viver ainda muitos anos assim?
cantamos.
e depois em espanhol.
e o pensamento vai a loucura...
será que ela deseja o fim?
não!
meu Pai do Céu!
não quero desejar a morte a ninguém!
nem quero que descansem no meu eufemismo qualquer!
quero apenas descobrir o que se passa por trás daqueles olhos atentos na parede.
de fato, não sabemos se a parede é mesmo uma parede ou se ali está uma serra,
com suas montanhas frescas...ou o infinito de um oceano... a praia, a rede...ou, quem sabe, o quarto bem arrumado de uma casa qualquer...talvez da casa dela com um porta-retratos bem bonito ao lado.

desejo paz e uma força incansável aos profissionais que ali trabalham.
carregam fardos pesados mas se mantem serenos.
desejo perseverança aos diretores e benfeitores do hospital,
afinal, a vida vale cada segundo e,
quando deixamos de sonhar com um mundo melhor,
morremos.

ao seu luiz desejo mais alguns sorrisos.
é... seu luiz estava sisudo com a gente
mas se alegrou com os acordes da viola.
deu-nos um sorriso.
talvez o primeiro,
talvez o último.

ao pedro lucca desejo que sobreviva.
tem apenas seis meses mas segurava a mão da gente com uma força absurda!
seu rosto deformado e seus bracinhos esqueléticos nos comoveram,
mas nos comoveremos ainda mais com os milagres.

ai meu Pai do céu... já vamos tarde...
levando dentro do peito um nó e uma vontade enorme de ser grato,
de parar de achar que está sofrendo, de que não é capaz.
vamos seguindo com música, com pesquisas, com ações, com amor!
é o que podemos fazer agora!
é o que podemos fazer
por quem não pode mais
sair aqui fora!
veja! estamos fora!
dê sua cara a tapa mas não dê o braço a torcer!
seja a diferença neste mundo tão igual!
seja a luz,
seja o sal!


quantos doidos restaram no mundo?


eram cinco seres:
três doidos e dois normais.
três mais dois é igual a cinco.
três foram nadar e dois sumiram:
quantos doidos restaram no mundo?

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

vira brisa, vira furacão, vira folha seca, vira caminhão.


vem um sopro forte do leste.
o leste é onde tem muita coisa.
o velho leste.
lá eu moro e vivo cheio de lerdeza.
nada a vê com a baianidade porque
a baianidade salva a humanidade.
do leste quem sabe podemos chegar ao norte?
nortear a vida sem um ponto central,
apenas pontas.
as pontas das estrelas,
da rosa dos ventos,
das flores trepidando ao sabor da velocidade do vento.
10,20,50,100km/h!
vira brisa, vira furacão, vira folha seca, vira caminhão.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

principalmente nos brinquedos proibidos.


amora, da fruta se faz geleia e outras guloseimas,
mas a mais famosa é mesmo a geleia.
água, o recursim natural mais importante que o ar!
o ar fica no chinelo perto dela.
paredes brancas:
merecem mais cores.
problemas viários:
idas e vindas facilitadas pelas novas obras de readequação
acontecidas nas avenidas floriano e afonso.
pensa?
você pode chegar bem mais rápido!
menos rápido que meu pensamento,
que te traz toda hora, minuto, segundo.
correr ou andar no parque?
prefiro brincar!
principalmente nos brinquedos proibidos.
daí caio, levanto, pulo, derrapo, bato papo
e ainda corro pro mato!
lá tem um riacho que corta suavemente o bosque.
água dos dois lados!
to feito!

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

quero assim que me leve!


um sorriso singelo,
uma abraço jato suave...
acho tão lindo esse elo...!
quero assim que me leve!

__senhor, isso é uma ameaça ou o senhor vai orar pra eu morrer??


uma manhã tranquila na passarela do odelmo graças a Deus.
eis que surge um motorista meio louco pela contramão.
apito vai e carro?? vai também.
o jeito é puni-lo conforme reza a lei.
um minutinho depois o cidadão do contra volta,
dessa vez a pé.
__você me multou?
__sim! to finalizando seu auto de infração.
__mas..peraí...tem duas ruas bloqueadas lá pra cima e eu to com muita pressa!
__pois é... uma rua bloqueada não autoriza que o senhor trafegue na contramão de direção! ainda mais num lugar movimentado como este! quase o senhor causa um acidente!
__mas...vê o que você pode fazer...
__finalizei o auto.
__que isso, me perdoa dessa vez...tava com muita pressa...
__não posso, já está pronto.
__me perdoa essa...
__quem perdoa é só Deus.
__sei disso...sou cristão e sei que você pode resolver pra mim...
__também sou cristão e por isso mesmo tenho que cumprir a lei, se prevaricar não estarei sendo correto.
__rapaz...olha o que você ta fazendo comigo...Deus vai te cobrar isso...
__Deus não vai me cobrar nada porque não to devendo! quem tem que pagar alguma coisa aqui é o senhor!
__ta certo...ta certo...
__agora acho melhor o senhor sair da rua...ta perigoso...
__olha, não quero mais saber de nada não...saiba de uma coisa...eu vou orar por você!! entendeu??? EU VOU ORAR POR VOCÊ!!!
__senhor, isso é uma ameaça ou o senhor vai orar pra eu morrer??
__ahh!vai...vou embora daqui!!
__cuidado...!
__que cuidado o quê!! vai se catar!!
__olha o cristianismo....!
__humpft!

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

vem ni mim meio dia!!!


meio dia!
oba!
é meio dia!
saio correndo!
tenho um compromisso!
almoço??
não!
a moça!
que encontro nesse horário nobre do dia
onde meio se faz inteiro
e seu cheiro
fica em mim
depois do abraço apertado
que quase me arremessa pro outro lado!
oba!
vem ni mim meio dia!!!