quarta-feira, 29 de abril de 2015

se não espantar os mosquitos, espanta gente!


os borrachudos são cheques mas também são mosquitos.
bom, vamos focar nos mosquitos porque ninguém usa mais cheque.
os borrachudos estão principalmente em áreas rurais,
e agem, sobretudo, na região de pernas desnudas.
perna feia e cabeluda é desconsiderada,
mas perna bonita e torneada,
igual da minha namorada,
ahhh...! é prato cheio!
esses maldosos e oportunistas borrachudos
bem que poderiam se dedicar a outras presas.
por que não as tetas desnudas das vacas?
ou o fucim das leitoas que dormem enquanto se engordam?
os benditos borrachudos preferem a beleza
de um par de coxas lindas e panturrilhas definidas.

quanto mais o sol esquenta,
mais picadas.
os bichos parecem preferir o calor
e fazem festa:
pulam cordas,
mordem acerolas inocentes
e batem tambor.

as pernas da minha amada ficam assim depois de amanhã:
com vermelhidões, com feridas do tamanho de uma mordida de borrachudo,
que, muitas vezes, aumentam de tamanho devido a ação das unhas
desesperadas em busca de paz.

este efeito estarrecedor dos borrachudos
gera inúmeras receitas de cura:
__passa desodorante ruim! é tiro e queda!
__não não! passa álcool absoluto!
__que isso minina....! passa baygon misturado com água oxigenada!
__e dói??
__dói nada!
__melhor mesmo é óleo de peroba com vinagre...tira a coceira na hora!
__(...)!?
__açafrão, coentro e borra de café, mistura com azeite e passa: para de doer na horinha!
__borra de café serve pra tudo, né?
__mas não é tempero...aliás, que história é essa de temperar a coxa da gente??

paramos de investir no depois,
agora é hora de prevenir.
calça jeans até os pés,
blusa de manga longa
e touca ninja!
ah! e sob isso tudo muito repelente!
se não espantar os mosquitos, espanta gente!

quarta-feira, 22 de abril de 2015

__por favor, me vê um pão com queijo na chapa!


__por favor, me vê um pão com queijo na chapa!
__sim...
minutos depois...
__aqui está, senhor.
__peraí, eu pedi pão com queijo e não pão com manteiga!
__o senhor tá dizendo que não trabalho direito??
__não! to dizendo que queria pão com queijo! só tem manteiga aqui! cadê o queijo??
__taí o queijo ó! ele deu uma enrrugada!
__e essa manteiga toda?? não gosto de manteiga no pão!
__essa manteiga foi só pra dar uma douradinha e não grudar na chapa!
__poxa, o pão tá pingando manteiga!
__ah! é desse jeito e foi assim que aprendi!
__fazê o quê né? o queijo já tem manteiga...já tem sal...já tem tudo...
__o senhor manda a gente fazer as coisas e fica reclamando?? come aí!
__bom, na verdade eu pedi! e foi pão com queijo! quando eu pedir pão com manteiga você pode caprichar na manteiga.
__larga de ser chato!
__tá bom...tô com fome...vamo esquecer isso...
__isso! da próxima vez você mesmo faz.
__bom, seu eu quisesse fazer não teria te pedido.
__você já me perdoou? quer dizer, eu já te perdoei...
__kkkkkkkk!! olha o ato falho! sabe que errou comigo!kkkkk!!tá perdoada senhora!

terça-feira, 21 de abril de 2015

fiquei feliz com a gratidão das capivaras.


jogar lixo nas ruas é uma coisa entristecedora.
é o princípio da falta de educação.
naturalmente, a pessoa sabe que lugar de lixo é no lixo.
que misture orgânicos com recicláveis,
mas que não jogue nada nas ruas.

a mudança de comportamento tem que começar em nós mesmos.
se temos o infeliz hábito de atirar lixo nas ruas
precisamos repensar.
como podemos cobrar qualquer coisa dos outros se nós mesmos somos porcalhões??

vi um carro passando rente a um parque municipal.
da janela, uma passageira jogou papeis na calçada.
como pode...?
e ainda ao lado de uma reserva ambiental??
que exemplo essa nobre senhora dará a sua prole?

fui lá e recolhi o lixo.

eram dois guardanapos com restos de torta de frango.
sei que não gosto de frango,
nem da torta, nem da certa.
ainda com semblante ensaiando um nojo,
peculiar ao frango,
mas também da atitude,

joguei o lixo no lixo.

olhei para as capivaras que caminhavam em torno da lagoa e disse:
__não se preocupem! fiz a minha parte!
elas me aplaudiram e gritaram frases de apoio
em plena demonstração de agradecimento.
fiquei feliz com a gratidão das capivaras.
bom..., na verdade nem esperava a gratidão de ninguém,
apenas que meu exemplo pudesse seguir adiante,
contaminando não as margens de reservas ambientais,
mas as pessoas que me cercam, que me vem ou que,
simplesmente, gostam me amam.
simbora fazer a diferença?

moça sentada de pernas abertas tomando chocolate!!


voyeur tem pra todo lado.
temos que ter cuidado.
das janelas e frestas,
das câmeras escondidas,
das câmeras explícitas,
do muro do vizinho.
sempre tem um voyeur de prontidão
para nos ver, admirar, secar e, muitas vezes, usurpar
nossa imagem para chantagens e outros crimes.

conheço um quarto que não tinha janela.
bom, na verdade tinha uma que dava pro muro.
justamente por isso,
uma outra entrada de luz foi construída,
agora, voltada para a rua.
ah! e a rua não é qualquer rua!
é movimentada,
é no centro da cidade!
ao redor, prédios e sacadas,
um monte de residências
com potenciais voyeurs.
são inúmeras janelas indiscretas
que no silêncio,
na escuridão,
miram outras janelas abertas
em busca da moça que se despe,
que, a vontade em sua própria casa,
senta de pernas abertas
e toma um chocolate.

caiu na net!
moça sentada de pernas abertas tomando chocolate!!
__você viu a foto da moça sentada de pernas abertas tomando chocolate??
__vi! que mico!!!hahahaha!
__mas achei que ficou muito sexy...
__não! ficou ridículo!!hahahaha!!

cuidado moça!
sente-se a vontade,
de pernas abertas,
tome um chocolate mas...
compre uma cortina.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

meu ar, meu ser, estar e permanecer!


levemente suave,
docilmente adocicada.
morenice macia e tropicana,
olhares simétricos,
beijo incandescente.
indiazinha sulamericana!
seus cabelos cor da graúna
me envolvem assim.
levo-te em meus pensamentos
e em sonhos tenho certeza: sim! é ela!
passeamos descalços até à nascente,
lá, um novo rio ruma para o céu.
caminhamos mansamente pela mata ciliar
e, gradativamente, o rio se torna mar.
nos misturamos como doce e sal.
nosso tempero é mais que química,
é algo que não se explica,
vive-se.
quando toca a nossa música gosto mesmo é de dançar,
como a nossa música nunca ouvi tocar,
danço mesmo assim,
afinal,
o que importa é meu par,
meu ar, meu ser, estar e permanecer!
quero acordar e anoitecer
tendo esse sonho real do meu lado.
e nossa dança...pode ser de rostinho colado?

domingo, 19 de abril de 2015

chegar do outro lado é um milagre.


a fuga começa por terra.
travessias perigosas em zonas de conflitos.
fuga.
a morte ronda o tempo todo.
podem ser os sanguinários do estado islâmico,
podem ser os da tribo x ou y,
podem ser os combatentes do governo
ou mesmo os caças da otan.
tudo é morte.
mas...
vão tentar a sorte.
atravessam fronteiras
e desertos,
saem, muitas vezes,
sem rumo certo.
querem, apenas,
mais uma chance de vida, de paz.

do norte da áfrica partem de navio
numa aventura incerta
para se chegar à europa.
navios e barcos tem uma característica certeira:
a superlotação.
é gente de tribos diferentes,
é gente de países distantes,
é gente que deseja, no fundo,
apenas ser gente.
mas, no fundo... lá no fundo do mar,
muitos ficarão para sempre.
os naufrágios são constantes
e esse povo sedento por esperança
se afoga.
uma a uma as embarcações repetem a mesma sina:
partir para nunca mais voltar.
o mediterrâneo se torna o destino final de muitas pessoas
que querem se refugiar num lugar melhor,
onde, ao menos poderão ter uma refeição
e um canto qualquer para descansar.

"A maioria desses imigrantes vem da África subsaariana,
de países como Eritreia, Somália, Etiópia, mas também do Sudão,
Mali e Gana, além de refugiados de países árabes em conflito."

quantas histórias...
é preciso uma ação eficaz para salvar esse povo.
onde estão as autoridades??
se fazem de cegos?
cadê o greenpeace?
__greenpeace é só do meio ambiente...
cadê qualquer coisas?
por que se fazem de cegos?
__ah! são todos negros... que morram!
__ah! são do oriente médio... serão todos terroristas aqui!
a repulsa natural dos civilizados é de cunho colonial...
é o som da metrópole para a dança dos explorados.

"O naufrágio de um barco de emigrantes ao largo da costa da Líbia deixou cerca de 700 desaparecidos neste domingo (19/04/15), em um acidente que surge como "a pior tragédia" ocorrida no Mediterrâneo, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur).
Os últimos números oficiais do naufrágio apontam 24 mortos e 28 sobreviventes, informou a Guarda Costeira italiana, que coordena as operações de resgate.
Segundo um dos sobreviventes, ouvido pelas autoridades de Catânia (Sicília), o barco transportava cerca de 950 pessoas, incluindo 50 crianças e 200 mulheres.
O navio afundou a cerca de 130 km da costa líbia e de acordo com outros sobreviventes, carregava mais de 700 pessoas, revelou Carlotta Sami, porta-voz do Acnur na Itália, à rede de televisão italiana Rainews24.
Se estes números forem confirmados, será "a pior tragédia jamais vista no Mediterrâneo", afirmou a porta-voz.
Equipes de resgate italianas não confirmaram que havia 700 pessoas a bordo, mas indicaram que a embarcação, de 20 metros de comprimento, tinha "capacidade para transportar várias centenas de pessoas".

os náufragos nossos de cada dia
se revezam no poder enquanto
o mar se torna a única saída
contra a fome e a guerra.
o mar é um refúgio,
chegar do outro lado é um milagre.


terça-feira, 14 de abril de 2015

__vamos comprar coisas pro nosso bebê?


fomos fazer compra com um vale presente no valor de 100 reais.
__oba!! é isso!
__o quê?
__esse tapete!! 229...
__acho que não é esse...
__vamos pra outra seção!
__roupas!
__nossa...que vestido lindo...
__opa! agora vai!
__129 e 90...
__que pena...não foi dessa vez...
__ah! vamos comprar copos! olha que bunitinhos...
__29 e 90!
__pega!
__as calcinhas estão baratas...
__ué, vai lá...
__10 real!
__fecha!
__vamos comprar coisas pro nosso bebê?
__bebê????
__é! quando a gente for ter o nosso as coisas serão bem mais caras...
__mas...a gente nem é casado ainda!! nem sabemos se é menino ou menina...
__não tem problema!
__kkkkkkkkk!!
__cê tá rachando, né??
__kkkkkkkkk!! para com essas coisas!kkkkkk compra um tapete pro banheiro!kkkkkkk

o ed motta falou demais.


o ed motta falou demais.
tratou mal o seu público mais importante.
não...
não pode.
depois de responder um a um cada comentário,
tascando ironia e sendo, no mínimo,
rude, de desculpou no dia seguinte e pediu desculpas.
pra tentar amenizar, pôs a culpa nos medicamentos que toma.
que pena...
desde cedo ele já sabia que,
se fosse americano não seria assim.
mas é assim mesmo ed!
você precisa se aceitar como brasileiro
e cantar manuel pros brazuca na europa!
que mal tem nisso?
lembre-se:
este é o sistema.
você não será um ícone da black music internacional,
talvez, se cantasse "ah, se eu te pego",
as coisas seriam diferentes.
não esquente sua cabeça com
o visual chinfrim e com os gritos de euforia dos seus conterrâneos...
dexa queto!
passou, passou...!
mas também não precisa cancelar shows no brasil com medo da manifestação popular!
mexe na agenda não sô...
que história é essa de abalo psicológico?
entendo que seja outro nome para "medo de ovadas, tomatadas e vaias".

segunda-feira, 13 de abril de 2015

zennnnnnnnnnn.....


zennnnnnnnnnn.....
onnnnnnnn.......onnnnnnnnn
aonnnnn...................
zzzzzzz........zzzzzzz.....
onnnnnn........onnnnnn....

__ou!! sai dessa!! acorda pra vida!!
__??
__vamo!! levanta e vai trabaiá!!
__?
__que vontade de esganicar!!que bobice é essa??
ahh! toma tipo! vai viver a vida!!
__você é contra as terapias orientais?
__isso!! caça uma pia procê! que lerdeza...
__aonnnnnnn..........onnnnnnnn......

quarta-feira, 8 de abril de 2015

nossa...seria uma militante comunista?


a dama de vermelho me deixou abismado.
nossa...seria uma militante comunista?
quanta belezura nela!
valeu demais dar uma fugida até à buriti!
tudo registrado!
posso, agora, voltar para o trabalho.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

viva o dia três de abril de oitenta e cinco!!


fazer trinta anos é um privilégio!
a crise não exite nessa fase.
habitualmente,
temos crises quando deixamos a adolescência
ou quando nos aproximamos da terceira idade.

é fato que, se a pessoa for bem resolvida, as crises não existirão.
nada mais justo que sairmos de uma fase para outra,
nada mais certo na vida que o envelhecer, que a morte.
para que o medo?
vida e morte são mistérios que devem nos motivar a cada dia,
não criemos pânico!
de síndromes já estamos cheios!

quando você nasceu não foi como todos os outros bebês:
não tinha cara amassada e já era linda,
mesmo toda sujinha dos líquidos e resíduos orgânicos,
brilhava com luz própria!
seus pais te fizeram numa noite (ou dia) inspirado,
onde tudo concorria para o nascimento de uma mulher
que fosse capaz de mudar o mundo.
bom, começou mudando o da sua família,
depois, o de muitas crianças (aqueles alunos apaixonados!) e o meu também!
convivo com você apenas a cinco anos
e posso dizer que sou sortudo.
quanta graça nessa mulher meu Deus!
essa mulher é tudo!

o dia três de abril de mil novecentos e oitenta e cinco
será, para sempre, inesquecível!
não será lembrado pelo fim da ditadura no brasil,
nem pela morte do tancredo,
nem pelo primeiro rock in rio com aquele show memorável do queen,
nem pela morte do orson welles ou da querida cora coralina!
mil novecentos e oitenta e cinco será,
para sempre, lembrado pela vida!
o nascimento de uma Água pura e autêntica,
Minha Água!
parabéns pelos trinta!
sou feliz por fazer parte de cinco
e fechar o resto
com a graça de Deus!
viva a vida!
viva o dia três de abril de oitenta e cinco!!

o cupido era um sniper!


hoje me peguei lembrando da minha primeira namorada,
a mesma que será a minha primeira esposa,
minha primeira mulher.
nasci de um beijo no dia 21 de março de 2010.
e que beijo!
foram tantos planos e frases pensadas
mas Deus mandou água sobre tudo isso.
as águas seguem o curso tranquilo
e sereno, algumas vezes em correntezas,
mas continua seu destino:
encher o mar de doce!
quando nasci eu era o mar morto, um triste menino.
cansado, perdido em meio às cavernas subterrâneas,
contaminado por ácidos,
vazio.
veio a água doce na minha vida!
chegou em janeiro daquele ano.
foi uma nascente.
que foi crescendo sem saber para onde.
curvei-me diante de Deus pedindo água.
a Água de março chegou.
me afeiçoei,
me apeguei,
me apaixonei,
me encantei,
me molhei.
não procurei o sol,
pelo contrário,
quis mais e mais,
"nunca me sacie,
nunca me complete!"
repeti várias vezes.
"para que eu possa querer-te mais e mais..."
março chegou ao seu fim.
já éramos um quando um novo mês se abriu.
meus olhos já estavam sob sua hipnose,
mas tinham medo:
do não, do talvez,
do nunca, do deixa disso.
mas Deus mais uma vez fez seu capricho.
passamos pelo dia da mentira.
pra que dia da mentira??
dia 2 de abril,
fim de noite.
ouço uma voz,
um cochicho no meu ouvido esquerdo.
meu pedido foi de surpresa:
__repete...
era o que eu queria ouvir e falar,
e Deus mesmo cuidou de tudo.
o céu se abriu!
uma luz iluminou tudo em nossa volta!
era a vida que me cercava!!
era a estrela de uma vida inteira!
era você Minha Água!
agora posso chorar!
e uma lágrima tímida escorrega pelo cantinho do olho,
outras se juntam com essa solidão
e fazem o mar morto tornar-se amazonas!
um rio mar sem fim!
hoje, passados 5 anos,
vejo o quanto a natureza fez flores na minha vida!
tudo em volta é vida!
tudo floresceu, frutificou, embelezou!
com você me transformo a cada dia em algo novo,
com esperança,
com paz,
com certeza que chegaremos até onde o Céu nos quer!
tenho uma gratidão gigante por este desígnio,
por esta dádiva de Deus.
o cupido usou mira laser,
o cupido era um sniper!
só que um sniper do bem!
semeando o amor
onde ele era predestinado.
gratidão plena a você,
Minha Água, por sua presença marcante,
por sua beleza que me inebria,
pela paz que sinto com seus carinhos violentos,
pelas mil maravilhas que te faz maior que qualquer mulher maravilha!
você é top, capa de revista!
você não anda, desfila!
você é linda, mais que demais!
perfeita aos olhos do Pai!
felicidades minha esperança de salto alto!

quarta-feira, 1 de abril de 2015

teremos tempo para planejar a nossa próxima viagem.


estou numa viagem,
uma longa viagem.
essa é pra vida toda.
na mala, poucas roupas,
escova dental e uma imagenzinha de santo antônio.
ah! sem querer pus de cabeça pra baixo.
comecei a volta ao mundo no dia 02 de abril de 2010.
opa! mas não comecei só!
fui acompanhado de perto pela água pura e bela,
de longas madeixas morenas e olhos que me buscam na essência.
seguimos juntos nesta volta ao mundo.
sei que passamos a maior parte dessa viagem
em praias de cenários paradisíacos,
mas tivemos algumas vezes na síria ou no iraque.
nada que fosse o fim do mundo,
afinal, queríamos apenas dar essa volta nele.

depois dessa experiência de 5 anos pretendo ficar tonto.
vamos dar infinitas voltas neste mundo
e construir o nosso próprio.
a casa já está pronta e decorada,
dizem até que não nos falta mais nada.
peraí...falta!
uma assinatura apenas!
nada que mais alguns dias de folga nos impeça.
agora tudo me leva a celebrar a vida.
chegando aos 5 anos,
vamos nos sentar sob a sombra de uma árvore
e descansar.
teremos tempo para planejar a nossa próxima viagem.