segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

ôoo lá em casa!!


um mês depois...
e os foguetes ainda explodem no céu!
a champagne ainda está gelada e lá em casa...
ôoo lá em casa!!
as paredes cantam alegremente,
as flores plásticas sorriem como nunca
e os móveis todos estão mais felizes!
até a panela de pressão explodiu de felicidade!
fazer feijão não é o forte dela mas e daí?
temos apenas um mês mas já queremos festa de bodas!
tudo na casa é sorriso!
o sorriso branco da casa branca!
o branco da paz e do amor!
um mês e já sabemos dizer "eu te amo".

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

coloco roupas que não eram minhas para secar.


uma fase nova da lua, do sol, das estrelas e da minha casa.
agora tenho água em casa.
meu Deus...como era difícil a vida sem água...
agora tá tudo bem!
ela se esparrama pelo chão,
pela cama,
pelo sofá.
ela está em cada canto onde há um artigo de decoração.
a beleza reina em meu lar graças a chegada da água pura
que veio me cercando desde os idos de 2010,
agora estou perdido de amores nessa ilha encontrada!
estamos com alianças reluzentes e nossos olhos brilham.
água e luz.
nossa casa tem panelas limpas e flores no jardim.
algumas lagartixas insistem em correr da gente.
estamos vivendo apenas o início de uma história.
sinto a felicidade como quem sente um beliscão
que nos traz subitamente à realidade.
olho encantado para o céu e faço uma prece de gratidão.
admiro tanta beleza que repousa sobre a cama guardada
para o dia de sua chegada.
sorrio a toa.
coloco roupas que não eram minhas para secar.
percebo que o cesto se enche mais rápido.
oba! ainda bem que agora tenho água em casa!
ainda bem que a conta está em dia!
ainda bem que sou happy happy happy!

__o senhor fez um cheque de 700 e é 699.


no caixa de uma grande rede de lojas:
__o senhor fez um cheque de 700 e é 699.
__não tem problema! pode ficar com o troco!
__não posso senhor.
__tudo bem, me passa esse 1 real.
__também não posso senhor, o sistema não aceita.
__cadê o gerente?? eu não quero esse 1 real! deixo pra quem quiser!
__nós também não queremos senhor...
__essa merda dessa loja! vive socando esses cartão na minha esposa pra ela vir comprar aqui! cadê um gerente de pulso?? preciso de um gerente de pulso pra resolver isso aqui!!
__boa tarde senhor, sou o gerente.
__então, essa moça não quer pegar o meu cheque!
__senhor, o cheque deve ser preenchido no valor exato da compra.
__mas por causa de 1 real esse rolo todo??
__meu bem você que tá causando esse transtorno...
__ah mulher, o problema é você com essa mania de comprar!!
__me desculpe senhor, basta o senhor preencher um novo cheque no valor exato.
__não!! eu vou pagar isso no dinheiro mesmo!!
__senhor, teremos que refazer a compra porque já havia sido lançado pagamento com cheque...
__que desgraça é essa?? eu quero pagar e vocês não querem receber??
__senhor...é o sistema da loja...
__foda-se essa merda de sistema!! vamos embora dessa lojinha sem gerente!!
__meu bem...meu bem...
__toma o cheque!! (rasga a folha de cheque em vários pedaços e joga sobre o balcão).
__meu bem...meu bem...
e eu era só o próximo da fila assistindo toda cena de camarim.
aliás, triste cena de pura falta de educação e prepotência.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

eu e minha água alcançamos o altar


chegamos lá!
eu e minha água alcançamos o altar
e agora somos um!
uma vitória conquistada com muito amor e paciência.
podemos descansar dos embalos da festa
e até de tudo mais!
tenho plena gratidão a Deus por tudo isso
e rogo pela nossa vida matrimonial.
te agradeço água pura
por sonhar comigo esse momento tão belo.
nossa estrada está apenas no início,
portanto, façamos tudo com muito capricho!
sigamos de mãozinhas dadas nas horas certas e madrugadas,
no calor e no frio, na alergia e na dor de barriga,
na alegria e na tristeza, na saúde e na doença,
nas pazes e nas guerras de tomates,
na poeira e na limpeza,
nas louças e nos detergentes e buchas,
nas toalhas molhadas e nas secas,
nas enxurradas e nas garoas,
na praia ou na lagoa,
de mal ou de boa,
sigamos juntos resolvendo juntos
os problemas de matemática
e os da vida,
a varanda ou a lavanderia,
quem sabe a banheira de hidromassagem?
quem sabe abrir mais uma janela?
quem sabe subir outra laje?
quem sabe arrancar o mato bonito
e voltar grama, alfaces e pimentas de bode?
ah! tudo pode!
só não pode a gente soltar as mãos!
só não vale sair da nossa estrada!
só não vale golpe baixo!
é, porque golpe baixo é proibido até no ufc!
agora somos casados!
e insisto com você:
nunca me complete, nunca me sacie,
para que eu possa te querer mais e mais e mais!

dizem que o joãozão corintiano é o leroy merlim dos pobres!


já fui várias vezes no jãozão corintiano.
dizem que o joãozão corintiano é o leroy merlim dos pobres!
numa certa oportunidade estava querendo matar os ratos
que estavam atacando a despensa.
bichos escrotos que furam um a um os sachês de extrato de tomate,
que fazem questão de roer cada pacote de bolacha como se buscassem um novo sabor.
enfim, queria matá-los porque na educação ninguém queria sair.
até flauta tentei! mágica? não tem mágica que dê conta!
bom, o fato é que fui no joãozão corintiano e pedi um veneno bão:
__cê quer matar mesmo ou só dá um susto?
__quero matar! acabar com tudo!
__tem esses aqui mas o bom mesmo é esse...
nesse momento o joãozão buscou um saquinho de laranjinha contendo umas 100g de um pó avermelhado.
nada de rótulos e nem modo de usar, as orientações foram dadas pelo próprio vendedor:
__muuuito cuidado que essa p*+## mata! mistura com pão ou queijo, faz uma papinha...
se não morrer tudo você volta aqui que eu vou tomar esse veneno na sua frente!

ora, com um argumento desses...

__quanto é?
__dez real.
__mas...a embalagem é essa mesma? sem rótulo...?
__é isso mesmo! vai levar pra matar rato! pra que rótulo?
__ok, me dá um saquinho.

os ratos morreram mesmo.
o veneno era bom mesmo (ou ruim!).

mas...de onde veio aquele veneno sem rótulo, embalado fragilmente num saquinho plástico?

tempos depois uma forte operação policial aconteceu em uberlândia.
comandada pela polícia federal, a operação catira prendeu um monte de gente!
a cidade ficou repleta de policiais federais numa força tarefa com a polícia civil e militar
contra o roubo e a receptação de cargas.
até helicóptero foi usado pra levar os suspeitos!
no meio da tarde, vi algumas viaturas da polícia federal na porta do joãozão corintiano.
os policiais organizaram uma fila indiana e quem tava na loja foi levado:
donos, funcionários e fregueses.

creindeuspai!!

todos algemados e cabisbaixos! quê isso meu povo!
ainda bem que meus ratinhos morreram!




terça-feira, 24 de novembro de 2015

deitou-se ouvindo mpb da melhor qualidade: djavan.


ela veio me visitar.
chegou com aquele jeitinho manso de sempre e foi arrumando um cantinho para descansar.
a casa estava bagunçada e as camas ocupadas por caixas.
ela ajeitou-se no chão.
deitou-se ouvindo mpb da melhor qualidade: djavan.
ela veio para dar uma bênção especial, cada gesto e sorriso diziam:
__vá em frente! você merece ser feliz! Tudo vai ficar bem! vai dar tudo certo!
deixei minha visita ilustre descansando e também fui dormir.
quando já estava cochilando um amigo me acorda perguntando se tá tudo bem com a equipe de música
e de dispõe a ajudar no que for preciso.
digo que está tudo certo e agradeço pela disposição.
me viro para voltar a dormir e sou chamado mais uma vez,
agora, uma mulher bem feia me acorda dizendo que também quer me ajudar.
__não precisa...tá tudo bem...
__tem certeza?
__absoluta! tudo bem...
__tá tarde pra eu ir embora...
__pois é.
esse foi o momento do pesadelo.
um filme de terror do passado.
passado é passado.
quero agora é o presente!
quero abrir muitos presentes
e ser feliz ao lado dessa água maravilhosa que me cobre!
que Deus nos ajude, cuide da minha Mãe Natureza
e nos dê muitas felicidades de águas juntos!
acordei e dei aquela sondada no relógio:
02h30.
não consegui dormir mais.
bom, quando consegui, o despertador veio a tona.
bom dia de muita chuva pra gente!

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

a paçoca é uma delícia!!


a paçoca é uma delícia!!
ôoo doce gostoso esse gente!!
olha só como é fácil fazer:

2 xícaras de amendoim sem pele
2 xícaras de farinha de mandioca torrada
2 xícaras de açúcar
1 colher (chá) rasa de sal.

modo de preparo

preparo:25mins
pozimento: 15min
Pronto em: 40min

toste os amendoins no forno,
cuidando para não queimá-los.
triture no liquidificador.
em uma travessa, misture o amendoim moído,
a farinha de mandioca, o açúcar e o sal.
misture bem esses ingredientes e pronto!
agora é só comer bem de mansinho!

tem gente que é paçoca,
nesse caso, a pessoa sendo uma paçoca
fica melhor ainda!
assume as características e fica show!
eu amo a paçoca mais paçoca peketita do mundo!
e em casa não vai faltar paçoca!
ah! e da moreninha!!

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

faltam só 10 dias!


tá chegando...
eram 3 meses,
caiu pra um e agora
são 10 dias.
nossa história passada à limpo,
limpa como sempre foi.
já vejo os daminhos subindo, meio trôpegos,
o corredor da nave mãe aparecida.
vislumbro o sorriso de cada gente de nossas famílias
e dos nossos amigos.
me vejo assim, sem fôlego, com a sua chegada.
os clarins triunfais me deixam pasmo.
os convidados boquiabertos
babam na sua beleza.
o padre é nosso amigo e não corremos riscos
de levarmos um rala.
a atmosfera é suave
e no céu poucas nuvens.
veja!! é a lua!!
oba! depois é de mel....
faltam só 10 dias!
seremos uma só carne de primeira!
festa, festinha, festança noite inteira!!
valem todos os gritos, todas as danças
e todo champanhe explodido!
valem todos os tapes,
todos os flashes,
todas as rezas e boas intenções!
valem todos os abraços e beijos!
toda fortuna do mundo não pagariam tamanho amor!
amor que não se compra,
amor que não se mede,
que não se repete!
já dizia meu amigo garrido.
nada como celebrar a vida!
água doce em pedra sabão
tanto bate que escorrega,
cai, pula, afunda!
mas nunca desanima
e segue a celebração da vida
com entusiasmo e certeza
desse amor que vem de um Deus
que nos ama mais que merecemos.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

a frança...ai a frança...!!


a frança...ai a frança...!!
referência cultural e artística para o mundo todo!
famosa pela torre eiffel e por uma infindável
lista de construções e lugares magníficos!
muito do que é moda vem de lá,
e paris foi por séculos referência para os intelectuais
e artistas do ocidente e também do oriente!
a culinária é um caso a parte:
um caracol vira mito! escargot!
foi gras é um alimento feito de fígado de pato ou ganso,
bichinhos que foram especialmente engordados.

pra lá vai muita gente!
um berço de liberdade, igualdade e fraternidade.
muitos se exilaram aos pés do arco,
principalmente os perseguidos pelas ditaduras
da américa latina.

a cidade luz é a mais visitada do mundo.
quem não quer ter pelo menos uma foto
com a maravilhosa torre ao fundo??
ahhh! eu ainda quero ter a minha!!
paris é um sonho!

de vez em quando acontecem atentados terroristas por lá.
tiros e bombas que vem de cidadãos franceses mesmo
e que matam muitos turistas.
os terroristas são caras que compraram a ideia de algum estado islâmico,
nada mais.
solidarizo-me com as vítimas dessas guerras.

"Por favor, não modifique suas fotos de perfil com as três cores de um Estado que repetidamente bombardeia campos na Somália, aldeias em Mali, hospitais no Afeganistão e testa suas bombas nucleares no deserto do Saara. A França nomeou bombas com o nome dessas três cores -. gerboise bleue, gerboise blanch, gerboise rouge.
Historicamente, a França é considerado o quarto maior colonizador da Europa assolando inúmeras Nações Africanas. Estas são as mesmas cores que exigiu do Haiti que pagasse a eles 150 milhões de francos (mais de 40 bilhões hoje) por destruir as plantações de proprietários de escravos durante a revolução, colocando o Haiti em séculos de dívida.
Hoje, eles são os exportadores da mais vil e violenta islamofobia apesar de irem para o norte e leste da África. Você pode se sentir triste por aqueles que perderam suas vidas em Paris, sem comemorar as cores de uma nação que tomou tantas vidas e continua a tomar tantas vidas através de ataques aéreos no sul global. Essa indignação seletiva é sua. Tome-a. Mas saiba que muitos de nós estamos aflitos por seu silêncio quando Bagdá é bombardeada. Quando Palestina é bombardeada. Quando Beirute é bombardeada. Estas vidas também não valem a pena lamentar? O que sobre a vida de negros e pardos torna tão difícil para você lamentá-las? "- Lali Mohamed

sábado, 14 de novembro de 2015

não sei se te recomendo descansar em paz, óh rio!


o rio era doce.
adoçava a vida da gente!
os ribeirinhos eram felizes e não sabiam(?).
não era necessário vidente,
nem mesmo cartomante ou quiromante:
a tragédia era iminente.

o rio era cheio de peixes
e as flores em volta estavam brilhando.
uma correnteza estranha se aproximou.
não não não...não era coisa da natureza.
se ainda fosse uma pororoca...
mas que nada!
lama, lixos, árvores, pesticidas e ferro!
tudo segue alastrando uma tragédia por quilômetros!
toda vida é sepultada.
os peixes lutam pela vida
e, num desespero,
no instinto pela vida,
sobem as montanhas e...
morrem do mesmo jeito.

os pescadores, outrora predadores,
querem salvar toda fauna doce
numa arca de noé.
nesse momento é preciso mais que fé.

a presidente passeia de helicóptero
e promete aplicar uma pesada multa,
mas se esquece que não há dinheiro
no mundo que pague os erros
de uma administração pública falida.
não há dinheiro no mundo que traga de volta a vida
e a doçura do rio.
não há dinheiro no mundo que devolva pro colo da mãe
o menino que morreu pedindo:
__Jesus me salva! Jesus me salva!

a notícia é triste:
o rio doce morreu.
nem dez, nem vinte, nem cem anos.
a recuperação não será a mesma coisa.
espécies endêmicas podem se extinguir.
a lama dissipou tudo em volta.
a doença chegou e foi taxativa:
nada mais de vida,
agora
é
natureza
morta.

os vilarejos e cidades que dependiam da água
também correm risco.
não se vive sem água.
serão os homens também peixes fora d´agua?
não sei se te recomendo descansar em paz, óh rio!
sei que a natureza faz uma força tremenda
e muitas vezes perfura paredes de concreto maciço,
ressurge no meio do nada,
brilha de esperança numa pequenina flor.

descansar em paz sei que não vai.
desejo-te, óh rio, com o coração cheio de dor
e os olhos cheio de lágrimas,
que tenha misericórdia dos homens,
para quem cedestes suas águas
e de quem recebestes esgoto,
de quem mata a fome
e gratidão tens pouco.

o rio doce morreu,
com ele,
morre
também
eu,
de vergonha
por ser
homem.




quinta-feira, 12 de novembro de 2015

e o nó da esperança que nunca se rompe.


os ganhadores se abriram!!
agora é torcer para mais gols da seleção!
o brasil inteiro poderá contribuir
porque nossa família é pra mudar o país!
nossa família será cristã,
lutará pelo bem comum
e pela educação acima de tudo.
uma descendência seguirá esses passos
e poderemos mudar também o mundo.
enquanto isso, precisamos mudar a noite de 700 e poucas pessoas para melhor,
e essas 700 e poucas pessoas precisam nos ajudar a mudar a noite em dia.
podem mudar tudo,
só não podem mudar você,
minha água pura e suave
que me leva para inúmeros lugares
quando, simplesmente,
tocamos nossos lábios carnosos
e bem delineados.
nossa beleza ajuda o mundo ficar mais bonito também,
mas você tem mais porcentagem nisso.
você é um capricho de Deus,
uma dádiva na minha existência
e o nó da esperança que nunca se rompe.
que se abram os ganhadores!
muitas vezes se abram para este mundo!
que façam das cadeiras e mesas
lugares melhores,
e das danças, diversão autêntica!
viva os noivos!!!

a natureza, a casa, a escola, a comida e o cachorrinho de estimação.


a lama desce encobrindo o morro.
o único aviso lá embaixo é a sujeira descendo a serra.
quem viu, correu.
quem não viu, morreu.

a empresa é rica e influente,
e o povo lá embaixo é gente humilde,
que trabalha na plantação
e na extração de minérios.

a mídia faz uma cobertura tendenciosa
e a verdade só existe pra quem está com os pés atolados.
nenhuma força tarefa foi vista.
alguns bombeiros e a defesa civil
fazem um esforço sobre-humano.
o povo sucumbe.

o rio doce se azeda.
os peixes morrem.
as águas turvas e grossas
descem rasgando a mata ciliar,
o mar capixaba que aguarde.
o meio ambiente sucumbe.

há quem queira continuar vivendo ali,
mesmo que desastres como este não sejam novidade.
outros casos aconteceram e a experiência
das autoridades competentes não constou no currículo.
entre 2001 e 2014, cinco desastres semelhantes
deixaram ao menos oito mortos, além de uma avalanche
de danos ao meio ambiente no estado de minas gerais.

no pior da série histórica, em cataguases,
cerca de 1,4 bilhão de litros de lixivia negra,
resíduo da produção da celulose,
contaminaram o rio paraíba do sul
e córregos até 200 quilômetros distantes.

a lama continuará nos envolvendo,
lento e gradativamente,
até que não mais tenhamos força no diafragma,
até que nossos pulmões se quebrem,
até que nossos olhos finjam não ver
e que nossos dedos apertem as teclas tortas.
nosso cérebro precisa de ar!
de preferência, puro!
o povo de bento rodrigues
e de qualquer lugar onde a lama chegou,
precisa de água limpa para um bom banho,
mas também de gente honesta que os restitua
a natureza, a casa, a escola, a comida e o cachorrinho de estimação.
precisam de atenção e respeito,
afinal, não são os culpados.
ah...os culpados...
secam suas lágrimas de crocodilo
em seus colarinhos brancos...

terça-feira, 3 de novembro de 2015

o sol já nos chegou com protetor


água minha!
águas quentes, mornas e frias!
essas águas todas desceram rumo ao altar
e desenharam uma história maravilhosa!
cinco anos e...muitos meses depois!
nos vemos lavados e de uma frescura total!
as nuvens trouxeram-nos sombras,
o sol já nos chegou com protetor,
a noite trouxe lua cheia e milhares de estrelas,
não sofremos com o calor,
não fomos inundados,
não tivemos raios na cabeça
e nem trovões para nos assustar.
Deus é conosco!
seguimos remando a favor da maré,
com muita paz, saúde e fé.
alguns pinos no joelho
e na cartola muitas cartas
e um coelho.
é um coelhinho louco!
não é da páscoa,
não é ração de cobra.
é um bichinho que nos dá sorte
com suas patinhas firmes
e unhas lixadas.
somos grato por nossa bela história
que segue nessa última comemoração
ainda na fase cinco.
é a cinco mesmo?
bora festar!!!

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

__como descansar em paz?? o cemitério vira uma coisa de loco!!


algumas pessoas parabenizavam pelo dia de finados:
__feliz dia de finados!
__mas...feliz porque? hoje é dia de sofrer...! e eu tô vivo!!

todos merecem celebrar datas comemorativas,
inclusive os que já se foram.
temos até feriado para que os mortos possam descansar em paz.

__como descansar em paz?? o cemitério vira uma coisa de loco!!
__é verdade!vendedores de flores gritam como se fossem verdureiros!
__e como se não bastasse, tem aqueles muleques que ficam na espreita...
assim que o parente deixa suas flores e vai embora, o produto é recuperado
e revendido!
__hahaha!! e o defunto não faz nada?
__hahaha!! nem pra dar uma puxadinha no pé!
__hahaha! nada! flores e velas são reaproveitadas e o receptador faz uma promoção!
__e mata a concorrência!
__hahaha!! gostei...mata...hahaha!!

o dia de finados virou comércio
assim como o dia das mães,
dos pais,
das crianças,
dos santos,
dos profissionais,
dos amadores,
das coisas todas
e de todos os seres.

minha mãe faleceu há 2 anos e meio.
não me acostumo a ir no cemitério.
sei que nunca a encontrarei lá.
não faço questão de saber se cresceram flores
ou ervas daninhas.
não me importa saber se a grama pegou,
se faz sombra ou sol.
tenho plena consciência que fiz o que pude pela minha amada
enquanto ela estava viva.
amei sem medida,
sorri e chorei.
agora, não adianta mais nada.

muitas pessoas se esforçam para manter um túmulo
lindo e florido o ano inteiro.
lustram os mármores e retocam a pintura,
podam as flores e o gramado.
sepultura impecável!
quem se alegra com isso?
jardineiros, faxineiros, pedreiros...
bom, garante o trabalho de muita gente!
mas...
não está aí o verdadeiro amor.

a alma não está lá.
ela é intocável e segue
num lugar desconhecido
onde, talvez, só veremos
quando fecharmos para sempre nossos olhos.
é preciso morrer para ver.
quase todo mundo tem que ver pra crer,
mas não se aplica neste caso.

viva intensamente a presença das pessoas que se preocupam com você.
aproveite a vida para amar, ser gentil, paciente e...presente.
ame seus pais, sua descendência!
ame sua geração, seus frutos!
não espere a morte para oferecer flores!
no cemitério encontraremos apenas ossos.
cemitério não é morada eterna para quem acredita
em algo muito maior que sete palmos de terra.

minha amada está no lugar desconhecido.
ela era uma mãe maravilhosa
e dedico tudo que sou a ela.
quando vou a um enterro no mesmo cemitério
dou uma passadinha onde ela foi enterrada.
passo sem compromisso de cobrar cuidados
com o lugar,
apenas olho para a singela plaquinha com o nome dela,
dou um sorriso e sigo meu caminho.
dela recordo com alegria.
minha amada está viva
e me quer feliz!
que ela me incentive a fazer as pessoas
que me cercam felizes também!
vai!!
vai beijar e abraçar agora!
vai ficar do lado agora!
vai agradecer agora!
agora é o tempo!
amanhã não sabemos.
não espere o dia de finados.






quinta-feira, 22 de outubro de 2015

e na orelha esquerda um ramo de arruda...


minha água demonstra ansiedade
em todos os cantos dessa cidade.
aliás, a cidade está pequena.
faltam fornecedores, falta fôlego,
faltam unhas de porcelana.
os dias passam velozes e furiosos,
mas passam, ao mesmo tempo,
serenos.
seremos um!
as rotinas se misturarão
e nossas roupas sujas também.
aliás, lavaremos roupas sujas só em casa!
não temos hábito de brigas e escândalos
em praças públicas,
de vez em quando em lugares fechados.
não! brigas não! só escândalos!

uma lista tremenda desponta de nossos bolsos.
convites para entregar,
cadeiras para cobrar,
comidas para comprar,
músicas para tocar.
seguimos, às vezes,
a trajetória de uma bala perdida que encontra alguém na rua,
daí, pedimos ajuda.
ufa!
um pouco de água com açúcar
e na orelha esquerda um ramo de arruda...
__arruda? pra quê? isso é superstição!!
__não é nada...tô sem bolso! só um chá de arruda com boldo...
dizem que faz bem pro coração...
__isso é lenda!
__você está linda!
__sabe de uma coisa?
__o quê?
__você é bonito!

__aprenda a amar e... a votar!!


uns dizem sim, outros dizem não,
mas o que todos não podem negar são as evidências aberrantes
de corrupção do excelentíssimo deputado eduardo cunha.
o homem faz o que quer!
a dilma pega leve porque tem medo que ele aceite o pedido para um impeachment.
a oposição pega suave com medo do nobre presidente da câmara rejeitar o mesmo pedido.
todos com rabos presos.
e sujos.

o país vive uma mesquinharia só.
pizzas e ratos a vontade
e a cpi da petrobrás finalizou
trazendo-nos mais e mais porcarias,
isentando de culpa qualquer político
citado no grandioso escândalo de corrupção,
sem contar a grana monstruoso
que pagamos para financiar os "trabalhos".

o que será de nós?

estamos sendo conduzidos por pessoas que estão cuidando apenas de seus próprios interesses.
nossa enorme carga tributária não para de crescer
e a volta da cpmf é um sinal evidente de um governo fracassado.
enquanto isso nos falta tudo.
nada de boa educação,
nada de medicamentos na rede,
nada de honestidade,
nada de segurança,
nada de bom acontecendo no caótico cenário político.
quem poderá nos salvar?
o renan?
por que não?
que ensine a famosa saída a la renan!
o aécio?
não...o cara não tem a mínima condição...
anos de parasitismo no senado,
queimando o filme dos mineiros...
quem?
os militares?
meu Deus! não podemos dar passos para um passado sombrio!
o brasil herdou da ditadura uma gigantesca carga de ódio
e uma dívida externa trilionária!
precisamos de um milagre...

quem sabe o céu de abrindo de norte a sul no brasil,
raios e trovões anunciando
a volta triunfante de Nosso Salvador?
e Nosso Salvador tocaria cada brasileiro com ternura,
mas, com a mão direita cerrada,
dar-nos-ía um cascudo dizendo:
__aprenda a amar e... a votar!!

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

ela é de filtro são joão


apesar de todo calor que o sudeste brasileiro tem enfrentado,
isso não tem me abalado.
vivo envolto numa água tão gostosa que não sinto calor,
só fortes emoções.
ela é de filtro são joão,
mas foi santo antônio que me deu!
nada de soft com seus filtros de carvão!
é água pura que escorre suave pelas mãos.
ela tem um sorriso lindo e perfeito
e suas unhas são mais belas
que as unhas da cleópatra.
não me deixa com sede mas também não me sacia,
e assim sigo, noite e dia,
nesse verão estarrecedor,
como se um ventilador me acompanhasse
com brisa e vapor refrescante.
ah! só um instante!
eu mereço!
sou bom moço e economizo água!
mas não economizo com a água!

já tacaram sal na única nuvem do céu.


está tudo derretendo.
a água gelada sai morna,
a água fria sai quente.
não existe mais banho frio.
nem de cachoeira, nem de rio.
as temperaturas chegam aos 40
e não há mais quem as aguenta.
já rezaram e dançaram,
já pularam cordas e sombras,
já tacaram sal na única nuvem do céu.
nada!
a chuva vem só quando uma grande confusão celestial
gerar uma hecatombe lunar
e as ondas se movimentarem feito loucas
a ponto de ficarem doces.
agora sim!
podem ser tomadas!

terça-feira, 13 de outubro de 2015

o que vale é esse esquenta do casamento do mês de novembro!


fizemos um festão!
contagem regressiva
e escova progressiva!
cervejas em latinhas e latões,
refrigerantes e depois,
carnes assadas na brasa viva!
sol queimando mais que o carvão,
álcool, gelo e sal a vontade!
e eis que um cooler surge no meio da tarde!
pagodes muitos e samba canções,
para os mais inteligentes,
forró universitário!
momento declarações...
pessoas embaladas pelos conteúdos alcoólicos
revelam segredos guardados na sobriedade.
ihh... já era!
não tem problema não!!
o que vale é esse esquenta do casamento do mês de novembro!
o chá bar foi pontual como o chá das cinco
e zuado como o puxa-facas,
o barzinho mais invocado do bairro!
viva nóis tudo gente!!!

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

__tudo bem...pode pedir a sobremesa...


__oba!!! vamos almoçar juntos!!!
__manda a mensagem aqui!
__ok! agora!
sai do quarto rumo à cozinha.
__vemmmm!!!
fui.
__ué?? pensei que almoçaríamos juntos? que fome é essa?
__eu almoço cedo...
__tudo bem...pode pedir a sobremesa...

terça-feira, 6 de outubro de 2015

vamos para experiência de um dia comigo?


passei o dia todo trabalhando.
é assim: tudo é trabalho.
um dia comigo tem mais ou menos o que se segue,
alterações podem ocorrer,
afinal, estamos sujeitos às intempéries
como
terremotos, dilúvios e buracos nas ruas e calçadas.
vamos para experiência de um dia comigo?
a sugestão é o dia 05 de setembro de 2015,
um dia após as comemorações
do meu santo de devoção.

05h20min toca o despertador.
três minutos de soneca.
05h28min me levanto.
antes de ir ao banheiro
vou na cozinha e tomo uma copada de água.
é...dizem que uma copada de água em jejum
faz um bem danado pra saúde!
depois vou tirar água do joelho.
dizem que beber urina também faz bem,
coisa de japonês...
mas nessa eu não caio.
deixo para lavar as mãos na pia da cozinha.
calma! eu explico!
mantenho uma bacia sob a torneira da cozinha
para reaproveitar a água
para meu jardim e hortaliças.
só não reaproveito a água de enxágue.
é por causa do sabão...

o que produzo em casa é 100% orgânico!

bom, tem dia que vou de carro, mas quase sempre saio de moto
para chegar no meu trabalho.
lá tem um relógio de ponto que não tolera atrasos.
quase sempre passo às 06h00.
até 06h10min já vesti farda
e lustrei o coturno,
06h15min tem um café com leite e pão,
quase sempre levo alguma fruta para complementar
e um pacotinho de bolachas vencidas,
que nunca me fizeram mal.
06h30min já tenho que estar nas ruas
cuidando do trânsito e garantindo
um perfeito ir e vir da comunidade uberlandense.

mereço mais do que recebo como servidor público municipal,
ainda acredito que meu prefeito vai cumprir a promessa
que fez de um aumento,
no mais tardar, no mês que vem,
ou no infinito mês que vem.

09h30min tenho um intervalo de 15min.
bebo muita água.
sigo na peleja do trânsito cansativo da cidade,
com seus inúmeros infratores,
brigas e, algumas vezes,
mortes.
fiquei sabendo da morte de um mototaxista
depois de uma facada no coração.
foi briga de trânsito às 09h00 da manhã
e eu estava no meu intervalo.
ainda bem!
não sou chegado às brigas
e prefiro correr de qualquer contenda.
às 09h45min sigo firme cumprindo minha
importante missão pública.
12h00 passo o ponto e sigo.
almoço na casa da minha noiva
e minha grande felicidade é ser recebido por ela
com beijos, abraços e tiques de alegria!
almoço e depois lavo as louças.
se bem que nesse dia minha sogra adiantou o serviço
e ficou pouca coisa.
menos mal!
12h30min minha noiva segue para o trabalho dela,
antes, leva a irmã para outra escola.
elas são professoras!
sigo para o computador e fico na net
até umas 14h00.
acesso todas as redes sociais,
publico algo em meu blog,
respondo emails,
imprimo qualquer documento,
às vezes compro alguma coisa.
na minha casa não tenho internet
e o jeito é usar a lan house
da minha noiva.
às 14h15 estava na fila de um cartório.
fui buscar uma matrícula atualizada
do terreno onde estamos construindo
um centro de formação e convivência
para crianças carentes, é o meninada da gemma!
vale a pena conhecer e ajudar!
meia hora de fila e sigo.
agora preciso ir para prefeitura da cidade.
antes, paro para fotografar um ipê maravilhoso
que enfeita a joão pinheiro
com a olegário maciel.
ali mesmo publico no instagram.
15h00 já me encontro na fila
da secretaria de planejamento urbano.
preciso de um certificado de restrição urbanística atualizado.
espero e confio.
saí para copiar documentos.
paguei R$0,40 nas cópias,
dei R$0,50 e pedi o troco em balas.
__dura ou macia?
__menta! pode encher a mão!
__só dá duas...rsrsrs
voltei para fila.
quase 40min e fui atendido.
a servidora me parecia num mal dia.
se arrastou para me atender...
e a cara das mais desanimadas do mundo...
também deve ganhar mal.
poxa! mas nem por isso!

peguei duas taxas para pagar antes
de pegar os documentos solicitados,
que ficarão prontos em 20 dias.

quase 16h30...vou para casa santa gemma,
que é uma ong onde sou voluntário,
lá acolhemos moradores de rua
e fazemos tudo por eles.
cheguei a morar 4 anos junto com os acolhidos
quando iniciamos as atividades em 2003.
aprendi muito (e aprendo!) com o Cristo no pobre.

tomei um café com os irmãos acolhidos
e segui para despensa do abrigo.
tenho que separar alguns itens para doação
e organizar outros que chegaram.
sou ajudado por três acolhidos
que são uns amores de pessoas.
o marquin das camisetas é o que mais gosta de me ajudar,
mas sempre pede uma camiseta nova quando termina
de carregar caixas e roupas.
o problema principal dele
é soltar puns em ambientes fechados.
é só entrar no quarto apertado da despensa
que ele começa.
e ri disso!
ele tem uns 40 anos mas a idade mental de 10.
é uma figura!
quase 21h00 saio da casa de acolhimento.
bons momentos!
ri e rezei,
toquei violão
e até fiz a barba do zé leite,
o morador mais antigo do abrigo.
e também o mais doidão!
é um cara que considero quase um filho...
ele foi atropelado em 2002,
ficou internado quase um ano
e, quando teve alta,
foi morar com a gente.
só voltou a andar e falar após uns 4 anos.
quantas fraldas...
amo o zé!
o outro assistente é o andré.
ele está quase cego devido um glaucoma
mas tem muita vontade de ajudar.

21h15min entreguei alguns itens para uma família
que vai promover um almoço beneficente
para um sobrinho que está com leucemia.
21h45min, casa do pai!
visitei meus familiares e combinei algumas coisas
sobre um evento próximo.
22h15, segui para minha residência.
comi alguma coisa
e organizei uma papelada sobre a mesa.
22h45, parti para um pedal noturno,
coisa que minha noiva não gosta de jeito nenhum.
ela sempre me adverte dizendo que é tarde para andar só por aí
e sempre respondo que é seguro, que só pedalo nas ruas do bairro etc.
preciso manter a forma!
exercício físico é fundamental para nossa saúde
e a gente tem que se virar nos 30!
pouco antes de sair nos falamos por telefone
e ela novamente me advertiu:
__cuidado alber!! qualquer hora um bandidão te ataca!
que nada...pensei.
fui.
capacete e óculos.
dei a primeira grande volta no tour do bosque.
já passava das 23h00 quando parei para atender um telefonema.

__por que você sai pra praticar esporte e leva celular??

esse é um questionamento recorrente...
levo porque às vezes atendo ligações urgentes da casa santa gemma,
ou clientes querendo música para casamento (é, sou músico e trabalho especialmente
com casamentos! vai casar? me liga! arrepia musical!), enfim,
sempre digo que meu celular é 24hs.
e é mesmo!
vi uma moto passando com farol apagado.
estava perto de um residencial
e algumas pessoas estavam do outro lado da rua.
assim que desliguei,
o motoqueiro chegou pela contramão
e me abordou pedindo o celular.
seria algum amigo com brincadeira sem graça?
esperei ele tirar o capacete.
nada.
o homem elevou o tom da voz e levou a mão direita na cintura.
__passa o celular vagabundo! ou quer que eu pegue??
__opa...não seja por isso...pode levar...
__não me olha!!! não me olha!! para de olhar!!
__(...)....
__vai ficar olhando a minha placa?
__não... só tô indo embora...
e saiu acelerado.
meu celular estava muito velho e surrado,
não vale uma pedra sequer.
o jovem de olhos assustados
certamente se arrependerá.
bom, fiz minha parte na história.
os especialistas recomendam não reagir.
fiquei na minha.
não vi arma
e nem quis pagar para ver.
continuei pedalando,
agora, até um orelhão.
190.
quase 10min ouvindo uma gravação:
__"no momento todos os nossos atendentes estão ocupados...
não desligue! sua ligação é muito importante para nós!"
e dá-lhe musiquinha chata!
liguei na operadora e solicitei o bloqueio do chip.
fui pra casa, tomei um banho
e, 01h15 fui dormir.
antes, fiz minha oração e agradeci a Deus.
pedi pela vida do rapaz que me assaltou.
não era um bandido,
era um usuário de drogas.
os olhos arregalados e vermelhos não deixavam dúvidas.

dormi tranquilo e com a consciência mais tranquila ainda.
até sonhei!
não tive pesadelos.
amanhã pedalo outra vez,
agora, sem o celular.




chimbinha aprontou com a joelma.


chimbinha aprontou com a joelma.
arrumou uma amante mas manteve o casamento.
ora, a banda calypso é a cara do casal!
as jogadas de cabelo, as rebolação,
a cara de bobão do chimba...
tudo é sucesso!
agora as coisas não andam bem.
a joelma denunciou o homem
e a justiça determinou:
__fique longe dela!
certamente, isso já estava acontecendo.
mas o homem precisa do seu ganha pão...
ou perderá a amante também!
subiu no palco com liminar e tudo.
ficou só.
deu pulos.
foi vaiado.
a cantora não quis dividir palco com seu grande amor.
o chimba vazou depois de uma garrafada.
a loira voltou,
chorando,
entoava suas músicas animadas.
o drama é acompanhado de perto pelos brasileiros
e até pelo frank aguiar.
opa! será que agora isso vai acabar?

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

e-du-ar-do cun-ha.


o cunha e a suíça.
o cunha e a conta.
o cunha e a lava-jato.
o cunha e a cara lavada.
o cunha e suas manobras.
o cunha quer prender os menores.
o cunha se esquece de seus maiores.
o cunha continua presidente.
o cunha tem moral?
o cunha não fala nada minha gente!
o cunha contratou o melhor advogado no assunto.
o cunha não é bobo nada.
o cunha rompeu com a dilma?
o cunha começa com cu
e termina com nha.
nada demais!
cu-nha.
e-du-ar-do cun-ha.

__hahahaha!!!

bobo é quem votou nele!
e quem mantem ele lá!
presidindo a honrosa trupe de deputados federais!
cada um mais dedicado que o cunha!
metade no mensalão,
metade na lava-jato!
__salva alguém?
se houver um justo Deus terá misericórdia...
Senhor, tenha misericórdia de nós!
tem gente honesta lá!
__quantas?
uma.

podemos dizer coisas acertadas sobre nós


agora já podemos correr,
pedalar, nadar, voar!
chegamos nos cinco anos e meio de estrada!
uma estrada maravilhosa!
nunca me cansei por segui-la!
aliás, foi um caminho memorável!
flores e árvores frondosas na margem,
subidas moderadas,
descidas suaves,
curvas acentuadas,
alguns poucos pontos de má sinalização que,
inclusive, causaram acidentes.
mas...nada que não pudesse ser superado.
e foi!
o caminho passa por rios e pontes
(ou vice-versa!),
avança sobre o cerrado,
passa pela cidade, pelos bairros,
principalmente, aparecida e aclimação.
almoça na rua buriti
e descansa no bosque dos buritis.
até a grande festa de noivado!
toda estrutura montada
para chamar de noiva a amada!
depois de cinco anos e meio
podemos dizer coisas acertadas sobre nós,
podemos botar a criança no judô
e na capoeira.
podemos levar pra assistir filmes de ação
e até dramas.
vamos seguir pisando em gramas
sem medo do jardineiro.
ah! o jardineiro sou eu mesmo!
que cuido da flor mais gatinha do meu jardim:
a água que mantem tudo verde
e cheio de esperança que é você mesma!

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

galinhas e frangos... eu tenho certeza que são as mesmas coisas!


a lista está cheia de comidas gostosas e carnes gordas.
a lista é gigante!
e tem que ser!
são inúmeros convidados!
muitos nem sabem que pagarão a conta!
mas sabem que nos darão presentes.
uma tonelada de carne moída.
meu Deus...quanta vida...
uma tonelada de pururuca.
é o mesmo que torresmo?
meia dúzia de pernis sem ossos.
o plural de pernil é pernis?
galinhas e frangos, vivos e abatidos.
galinhas e frangos... eu tenho certeza que são as mesmas coisas!
não é possível que sejam diferentes!
outras aves e peixes de águas salgadas que,
obviamente, dispensarão tempero com sal,
e peixes de água doce que, certamente,
precisarão de tempero.
carnes exóticas para os convidados chineses e taiwaneses,
bacalhau para os nórdicos e sardinhas para os paulistas.
fubá pra mingau e milho para curau.
farinha de mandioca a vontade
e polvilho doce e azedo,
um para pão de queijo e o outro também.
bebidas de todas.
água da calu,
suco de época,
cerveja da mais baratinha
e vinho do porto.
isso!
do porto mais próximo!
a lista não para de crescer e espero fechar a conta até o fim do mês.
se depender da alta surpreendente do dólar,
não teremos nada vindo dos estados unidos.
vamos focar nos pesos e outras moedas latinas.
vamos vender latinhas em euro
e comprar sucata da alemanha.
vamos dar um jeito nisso!

cigarras e flores de mandacarus


hoje disseram que faria sol.
foi mentira.
sol existe desde sempre.
fazer o quê?
Deus já fez tudo!
a moça sequer corou de vermelho as maçãs do rosto
ao dizer que teríamos pancadas de chuva.
onde foi??
pancada?
que pancada??
não tivemos nada de pancada!
nem porrada!
nem cacetada!
nem nada disso!
as chuvas foram pacíficas,
por mais que sejam atlânticas.
a moça do tempo voltou a fazer previsões.
moça...por favor...
não acredito em previsões,
adivinhações e nem em astrologia!
também não sei nada de horóscopo
e outras coisas do tipo.
sossega moça do tempo!
acredito mais nas formigas, andorinhas,
cigarras e flores de mandacarus
do que em tu!!
faça-me o favor!
substituam a moça do tempo,
o rapaz do tempo,
o gráfico do tempo,
por um minuto de notícias boas
trazidas por bons ventos!

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

rsrsrs...você uma freira estabanada


sua nova foto de perfil é linda!
a gente se vê e sente alegria.
você é linda de todo jeito!
mas...naquela foto de perfil
estás mais linda ainda!

estou ao seu lado.
quero ser seu perfil também.
te olhando de frente, de lado,
andando junto,
meio gente, meio sombra,
muitas vezes, colado.
vamos curtir muuuito!

as vezes me sinto atropelado
por seus carinhos violentos
que me lançam longe.
rsrsrs...você uma freira estabanada
e eu um monge.

vamos, certo e sempre,
continuar sorrindo.
tempo vindo ou indo,
seja sempre bem-vindo!
o que me vale é ser sua companhia
para estes dias quentes
ou para os dias frios.
sorvetes e chocolates quentes?
isso só depende da gente!
ter um bom plano odontológico,
um carro com ar e direção
e uma casa bem decorada...
pronto! só Deus nos basta!

eu comendo meu bolo e as mulheres gritando lá embaixo.


uma corrida no centro da cidade e um monte de carros passando perto.
isso é fitness? é saúde?
correr em meio a um trânsito caótico e poluído?
de muitos milhares de monóxido de carbono imbuído?
nada coerente e nem certo.

passa um ônibus e muitas crianças põe a cara pela janela.
oba! pensei.
entrei no ônibus em movimento e me estiquei no chão.
na verdade, não era um ônibus qualquer...
era uma sala de aula!
e a professora naquele momento,
por incrível que pareça,
era a esposa do meu cunhado.
pedi um copo d´agua para ela e nada.
reclamando, disse que eu estava incomodando.

continuei por alguns quarteirões quando vi lá fora
minha chefa e minha noiva.
as duas gritavam para que eu descesse
por que eu estava atrasado.
para o que estava atrasado eu não sei.

antes de descer, comi um pedaço de bolo oferecido por uma criança.
eu comendo meu bolo e as mulheres gritando lá embaixo.
desci limpando a boca.
ah! e o ônibus sala de aula continuava em movimento!

me encontrei com a chefa e a noiva
e as duas não paravam de reclamar na minha cabeça.

duas pessoas que seguiam logo a frente
e que acompanhavam as mulheres nervosas
aguardavam por nós na esquina,
momento em que...
um caminhão muito grande não conseguiu fazer uma curva
e começou a manobrar em marcha ré,
momento em que atropelou essas duas misteriosas pessoas
que até hoje não sei quem eram.
uma delas foi atingida na mão
e a outra na cabeça,
esta ficou caída e precisou de resgate.

a chefa e a noiva vieram me acusar de ser o culpado pelo acidente,
me diziam que, se não fosse a minha demora,
isso não teria acontecido.
que bobagem...
acidentes acontecem!
e os passarinhos começaram a cantar...
opa! hora de trabalhar!

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

basta um espirro solar.


ela vai trabalhar e passa a tarde toda ralando.
ensina as crianças, brinca, cuida e tudo mais.
corre para apartar uma briga de intervalo,
agiliza para todos estarem em sala.
escreve na lousa,
conta histórias,
salva a caneta caída num ralo.

toma a tabuada e capricha num ditado.
bebe água
e toma providências.
o calor está forte
e, para chegar aos 40 graus,
basta um espirro solar.
mesmo com toda correria do dia,
no fim da tarde,
ao buscá-la na porta da escola,
sinto o perfume gostoso que vem dela.
nada de cc,
nada de chulé,
apenas,
uma linda mulher!
você está de parabéns!
cinco estrelas!
coraçãozinho!
um amor!

__champagne! e um buquê de rosas!


sem vaidade.
uma flor nasce
e tudo que sabemos dela
é verdade.
A flor, com toda pureza e beleza, não mente.
um gesto de amor,
o ar da graça,
a consciência deitada numa rede beirando o rio.
tudo leva à liberdade!
mesmo que toda massa
corra para o concreto,
que todas as ovelhas caiam num buraco,
a flor nos leva,
com leveza e sobriedade, inebriando-nos
com brisa suave nos olhos e narinas.

muitas flores juntas fazem festa!
primavera chegou!
flores, sementes e frutos!
toda unidade que transforma a vida!

semente que germina em terra boa,
calmamente nasce.
__olhem!! outra flor cresce árvore!

a tarde o sol queima feito brasa,
águas e ventos fortes não são desafetos.
mesmo assim, com força e sorte,
ela segue sendo sombra.
a sombra em nossos desertos,
a doce sombra que nos é asa.

a primavera árabe foi um grito de liberdade,
a vontade de florescer assim,
sem ninguém para podar,
retalhar, arrancar unhas ou corações.

a flor na boca do canhão,
a flor no chão:

pisada.

a flor nas mãos cruentas,
a flor sobre o caixão.
a flor queimada,
a flor de nossas mãos,
com violência,
arrancada.

a flor sobre a mesa,
a flor no jardim,
na tiara da menininha,
na grinalda da noiva,
no beijo da chegada,
na cama,
no banho,
numa casinha no campo. a flor para mãe,
a flor para amada,
a flor que insiste em perfumar-se
mesmo que em meio ao nada.

flor que morre e renova.
sim...
é preciso morrer para nascer de novo.
algumas flores resistem às guerras dos homens
e brotam em meio aos entulhos.
sem rancor, sem medo, sem barulho,
o verde faz a esperança brotar junto.

os olhos de um algoz, de cima,
nada vê.
não consegue curar sua cegueira.

os olhos de um defunto, de baixo,
alimentam o verde e o colorido lá em cima.
a vida se desdobra para continuar
e, de qualquer jeito, seguir sendo vida.

as flores alcançam o auge da beleza
e atraem abelhas e pássaros.
também encontram mãos para colhê-las.
depois de um ciclo,
as pétalas, pálidas,
se desprendem e com a terra,
se entendem.

__nasceu mais uma criança!
__champagne! e um buquê de rosas!

Ah...ser livre é uma dádiva!
coloco a flor na cabeça,
nos punhos,
na lapela.
encho de flores minha janela!
no altar acendo uma vela,
e ilumino de cores a capela!
deixo a primavera cumprir sua missão:
renovar a vida,
perfumar o céu,
inspirar a paz
e colorir o chão.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

fazer cachoeira em terra árida.


sol que arde em pleno inverno,
vento que nada move.
a boca seca pede com todo esmero
beijo e água é o que mais quero!
de tanto assim pedir a água resolve
fazer cachoeira em terra árida.
nem frio, nem neve, nem oito ou nove,
nesse inverno esquisito
quero mais é ficar bonito na fita!
descer de rapel essa cachoeira
e me esbaldar em águas doces e macias!
do pulo ensandecido da tampa da marmita
ao mergulho refrescante nas águas que me fazem.
nossa! isso é bom demais!!
o sol agora me serve apenas para marcar
as cicatrizes dos tempos de criança.
um caminhão de picolés de uva
e um filtro de barro do lado.
vamos ficar aqui assim, parados.
nada de desesperos!
nada de aflições!
nem unhas roídas!
o que queremos é aproveitar nossas vidas!

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

o roberto tá caidaaassssso pela morena!


esta é uma reportagem que está idêntica em 300.000 sites de fofoca!
inclusive aqui, que quase não tem fofoca!
mas tem o copia e cola
que nem nos 299.000 sites citados!

"A idade não afetou em nada o sucesso de Roberto Carlos, de 74 anos, com a mulherada. Isso porque, solteiro, o cantor está apaixonado e pode engatar um romance em breve.
De acordo com informações do jornal “Extra”, a sortuda é Viviane, uma moça de pouco mais de 20 anos e que mora no mesmo bairro do veterano no Rio de Janeiro. Para conquistar o coração da morena, o famoso manda flores e mostra que é um homem romântico.

O comentário na região que ambos vivem é que Roberto está caidinho pela mulher de 50 anos a menos do que ele. Apesar disso, por enquanto, ela não correspondeu a paixão do artista que passa de carro, buzina, e conversa com a moça cheio de sorrisos no rosto.

Há alguns dias, não vendo Viviane no local de costume, o Rei perguntou para um comerciante onde ela estava e pediu para que o rapaz enviasse um recado: assim que ela voltasse de viagem, era para procurar por ele."

é isso mesmo!
o roberto tá caidaaassssso pela morena!
mas a morena, até onde foi apurado,
não tá dando mole não...
ahh....pobre coitado...
mesmo buzinando sua lamborghine
e mandando flores todo dia,
ainda não virou música.
aliás, é bom que a moça ajude o rei
e facilite as coisas,
caso contrário,
teremos mais um cantor sertanejo.


que os dois saiam derrotados!


a briga agora ficou mais feia ainda.
quanta feiúra!!
dois monstros incandescentes, com chifres e fuzis,
com rastros de fumaça e sangue, guiados por letras
compulsivamente fundamentalistas por mais que denotem algo diferente.
duas pragas que trazem no cerne uma guerra antiga,
cheia de mágoas, ressentimentos, vingança e fanatismo.
sede de poder.
mortos de fome.
vamos a notícia:

"No dia em que se completam 14 anos do atentado terrorista às Torres Gêmeas, nos Estados Unidos, a Al-Qaeda declarou guerra ao Estado Islâmico. Em uma mensagem de áudio, o líder Ayman al-Zawahiri acusou o cabeça do grupo jihadista, Abu Bakr al-Baghdadi, de insubordinação.

´Todos ficaram surpreendidos quando al-Baghdadi se proclamou como o quarto califa da história islamita, sem consultar ninguém`, disse Zawahiri na mensagem.

´Preferimos falar o mínimo possível, centrados na preocupação de extinguir o fogo da insubordinação, mas al-Baghdadi e os seus irmãos não nos deixam outra opção, pois exigiram que todos os guerrilheiros renunciassem às alianças e jurassem aliança ao que dizem ser um califado`, continua.

Ayman al-Zawahri já havia classificado a facção Estado Islâmico e seu chefe como ilegítimos. O Estado Islâmico, que controla vastas áreas do Iraque e da Síria, prometeu estabelecer um califado no Oriente Médio.

O grupo assumiu o controle de amplas faixas de território da Síria e do Iraque no ano passado. A reputação do grupo por assassinatos, torturas, conversões forçadas e até mesmo escravidão provocaram uma fuga em massa de iraquianos e sírios para os países vizinhos, como Líbano, Jordânia e Turquia, antes de viagens arriscadas para a Europa."

pois é...
al-qaeda X estado islâmico: quem vence essa contenda?

em londres os apostadores já começaram a palpitar e,
pela primeira vez há uma unanimidade!
entenda:
que os dois saiam derrotados!
a aposta principal mudou de rumo:
queimados? afogados? degolados? fuzilados? detonados? crucificados?
não importa!!
que os dois saiam derrotados e que a humanidade fique um pouco melhor.

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

não há nada melhor que dormir em paz.


dependemos um dos outros para sobreviver
e isso é fato escrito, narrado e certo.
algumas pessoas agem de maneira prepotente e
arrogante, carregam um ar sujo
que lhes sujam o nariz empinado.
pensam que podem tudo, que são tudo,
que tem dinheiro e isso basta.
pisam, maltratam, escarneiam.
fingem bondade para,
mais tarde, roubar a outra metade.
são injustos e gananciosos,
fedem covardia,
trapaceiam noite e dia.
um lobo em pele de cordeiro.
o que se ganha sendo assim?
a tez sem rubor?
a infelicidade de se desencontrar-se?
o rufar de um tambor?
a mentira?
a rua sem saída?
não há nada melhor que dormir em paz.
é isso que vale a pena:
dormir em paz.
por isso inventaram os maravilhosos colchões magnéticos
e com pequenas bolinhas massageantes!
ahhhh! viverás um excelente sono!
conheça os novos modelos!
compre e indique para cinco amigos
e você terá um brinde surpresa:
um delicioso travesseiro com penas de ganso!
ma ra vi lho so!

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

a poeira some e as pegadas ficam.


vejo tuas marcas dos pés feitas com a água da chuva
e me alegro duplamente:
você e a água.
por você anseio todo dia,
pela chuva já estava cansado de esperar.
a poeira some e as pegadas ficam.
e quanto mais a água corre,
menos poeira levanta.
a água é uma corredora límpida.

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

o artista e a moça da plateia.


foi um show daqueles!
mega produção!
anunciamos agora o show feito para namorada!!
que venha a namorada!!
e sobe ao palco uma moça estranha...
uma mulher de um adão qualquer.
indignação e raiva se aprumam na moça da plateia.
__isso é farsa!! é vadia! é gonorreia!!
uma confusão está armada
e muita gente morre pisoteada.
quando menos se espera,
apenas dois sobreviventes:
o artista e a moça da plateia.
viu? não precisava arrancar seus cabelos!
não há nada que não se resolva num pesadelo!

os pulmões já estão cheios.


os brinquedos ficaram em casa mas
a casa estava sitiada.
uma guerra civil sangrenta se espalha pelo país.
famílias inteiras abandonam tudo para,
ao menos, não perderem suas vidas.
pai, mãe e dois filhos se arriscam na travessia pelos mares.
não há nada a perder.
o sol escaldante e o excesso de passageiros
fazem do pequeno bote salva-vidas
armadilha mortal.
num desses devaneios do mar e dos famintos,
o bote vira.
o homem em desespero segura com firmeza a mão de sua esposa,
as crianças são trazidas até o peito por um dos braços.
neste momento há uma luta pela vida
e uma guerra naquela cabeça:
como todos poderiam se salvar?
num ímpeto pelo ar, as crianças escorregam da mão do pai,
em gritos horrendos, choram e se misturam às águas.
a mãe também se esvai tragada pelos mistérios do oceano.
o homem chora.
copiosamente chora.
não...não era esse o plano...

o sal de suas lágrimas se perdem nas águas do desespero.
tudo é muito salgado e áspero nessa vida.
com braçadas fatigadas,
unhas e pelos,
tudo doía.
um dia é socorrido.
coração ferido,
perdido,
está só no meio de uma multidão de imigrantes.
cada um sentindo-se mais solitário que o outro.
sentem-se animais.

mais tarde o corpo de uma das crianças renasce descansando numa praia turca.
a posição remete ao repouso típico dos bebês.
o castelinho de areia não existe.
as ondas batem no pequeno corpo e o molha com as lágrimas do pai.
o colo da mãe ainda o aquecia
e a beliscadinha dada pelo irmão ainda coça.
estrelas do mar se apagam ao amanhecer
e algumas águas continuam vivas.
o corpinho do menino sírio é uma estrelinha de bruços na areia.
dentre tantas estrelinhas esta tem nome: aylan.

e numa bela manhã
amanheceu o menino estrela aylan!
repousando das tormentas na praia
sonhando para que outro dia lhe caia!

o menino estrela brilha intensamente.
seu brilho deixou perplexo os olhos do policial que,
com suas luvas brancas,
retirou cuidadosamente a criança de suas brincadeiras.
a fotógrafa fez a foto da sua vida,
mesmo que a morte a tenha ajudado,
foi capa.
o corpinho cansado segue para outro lugar e,
certamente, lá não haveria mar.
o pai decide voltar pra sua cidade natal.
não faz mais sentido seguir em frente.
para quê seguir em frente?
este mar, esta fuga, esta sede:
tudo foi tão mau.

volta atrás.

volta para dar a sua família os únicos sete palmos que lhes restam.

aylan se transforma em mais um símbolo do sofrimento dos imigrantes
que lutam pela vida em outras terras.
de quantos símbolos precisaremos ainda?

mesmo que outras terras não os queiram,
eles insistem.
não dá para esperar a degola,
a fome, as doenças, a falta de água e de travesseiro.
não! não dá!!
não dá para esperar estupros,
humilhações, o fogo,
o tiro certeiro.

não há nada melhor que vivermos em nosso cantinho em paz,
não há nada melhor no mundo inteiro!
com as coisas que precisamos ali, ao nosso alcance.
é dádiva!
é gratidão!

podemos assistir tudo de camarim
e esperarmos, sentados,
o fim das primaveras e pesadelos árabes,
asiáticos, africanos...
somos americanos!
mas não podemos nos retirar a responsabilidade.
somos, antes de qualquer nacionalidade,
humanos.

a estrelinha aylan sorri para nós.
podemos ajudar?
sim!
nos resignando,
orando,
doando,
exigindo dos governos,
da onu,
de qualquer lugar!
de qualquer órgão para que seja mais coração.
os pulmões já estão cheios.
um suspiro de esperança pelos aylans
que sonham, ao menos, com uma cama quente.
ai...isso dói no coração da gente...
dorme nenêm
pra um dia acordar...
papai foi buscar pão
e mamãe está aqui,
segurando sua mão.


quinta-feira, 3 de setembro de 2015

suco bão é o de manga!


dizem os antigos que melancia combinada com uva itália
fazem um bem danado para as regras femininas.
a lei da natureza é claro:
não mexe com quem tá queto!
em clubes, piscinas e afins,
em tempos de desregramentos,
apenas assista o sol se por,
caso contrário,
o preço é caro e cheio de dor.
ainda bem que melancia nunca sai de época
e uva itália a gente encontra facim!
suco bão é o de manga!
misturamos com leite e ninguém morre!

terça-feira, 1 de setembro de 2015

eu bebo e ninguém tem nada com isso!


você é o brilho que incendeia meus olhos
e a água que apaga esse fogo todo!
você é a estradinha mais linda por onde passei
e desejo conhecer cada curva, cada paisagem,
cada flor que margeia meus passos.
você é a música que me faz descansar
e entrar em outro mundo, outra dimensão.
você é a meditação mais gostosa que poderia eu ter.
você me resgatou há 5 anos e 5 meses.
é...estava eu me afogando em coisa que não era água.
eram substâncias tóxicas,
lixos atômicos,
urina de animal peçonhento.
e agora?
agora você é meu alento!
me sustenta com teu abraço,
me emociona com seu carinho,
me faz feliz assim, do nada!
serei eternamente grato pela sua atitude,
pelos passeios de mãozinhas dadas,
pela coragem de me adicionar no orkut.
serei eternamente grato pelo acidente de carro,
pela visita na afap,
pelo nosso posto.
saiba amora que serei sempre esse bom moço,
nunca te serei carne de pescoço!
vou seguir te beijando o pé
e te chamando de minha mulher.
é amor, com certeza pode crer!
em meus olhos pode ver!
esse brilho de um bobo que se alegra!
você é o brilho que incendeia meus olhos!
e me faz ver o quanto o mundo é belo ao seu lado!
mesmo que o sol nasça quadrado,
mesmo que o sorvete venha desmanchado,
mesmo que o marta rocha seja pirateado,
mesmo assim,
ao seu lado tudo é belo,
é verde,
é amarelo,
é azul e branco!
é brasil campeão na educação,
na saúde, na segurança e até no futebol!
meu voto será sempre seu!
mesmo que suas unhas se tornem extintas,
mesmo que suas filomenanças destruam nossas taças,
mesmo que o ovo saia salgado,
mesmo assim!
ao seu lado tudo é belo!
obrigado água pura!
obrigado água minha!
sede?
de jeito nenhum!
ao seu lado não existe sede!
bebo e muito!
eu bebo e ninguém tem nada com isso!





sábado, 29 de agosto de 2015

e os porcos são uberlandenses!


uma coisa que me chamou atenção demais da conta esses dias foi
o tombamento de um caminhão de porcos no rodoanel de são paulo.
e os porcos são uberlandenses!
ora, são meus conterrâneos! e eu me preocupo com minha gente!
nascidos e criados nesta bela cidade triangulina e com data marcada para morte.

todos eles sabiam que iriam morrer na selva de pedra,
alguns não sabiam que perderiam a vida num acidente de trânsito,
contavam com uma morte menos traumática, conforme o costume
dos abatedouros de suínos no brasil:

"SUÍNOS A CAMINHO DO PRATO

1º Estágio
Ao chegar do transporte, os porcos são conduzidos através de currais.

2º Estágio
Os animais são desacordados através de eletro choque dolorosos que,
na maioria das vezes, causam somente a paralisia e os mesmos permanecem conscientes.

3º Estágio
São então pendurados em correntes por uma das patas traseiras.

4º Estágio
São degolados com uma faca afiada, onde se aguarda então o sangue escorrer para os tanques.

5º Estágio
São imersos em água fervente (muitos animais são mergulhados conscientes na fervura).

6º Estágio
Passam pelo processo de esfola onde a pele é toda retirada.

7º Estágio
Chegam a mesa de corte onde são retirado suas vísceras e a carne cortada.
Os animais são prensados o máximo possível para minimizar os custos.
(www.pea.org.br)

depois do caminhão tombado começaram uma verdadeira saga para desvirar o caminhão,
horas de tentativa até perceberem que a melhor maneira
seria retirando a carga.
demoraram a sacar isso e o sofrimento dos bichos só aumentou,
tanto que a cena de horror atraiu os protetores de animais.
acostumados a defender cães, gatos e cavalos,
se depararam com bacon e costelinha.
o que fazer?
protestaram.
choraram.
sentiram fome.
sede também.
ajudaram a cuidar dos animais naqueles primeiros socorros.
deram água e carinho,
fizeram curativos,
coisas que os bombeiros não estavam fazendo.

em uberlândia já presenciei tombamento de caminhão com frangos,
perus e porcos.
o pessoal daqui é experiente com resgate nessas condições.
por que não falaram com a gente?
o último tombamento de um caminhão com porcos que presenciei foi a 3 anos.
os bombeiros e a equipe de apoio da empresa responsável pelos animais
não tiveram dúvidas:
cortaram as grades e soltaram os animais,
conduzindo-os para um lugar seguro.
a ação contou com uma força tarefa de bombeiros,
polícia militar, agentes de trânsito,
funcionários do criadouro e populares.
mesmo assim alguns animais deram trabalho
ao sair correndo para a vida.
rapidamente a carreta foi destombada e retirada do local
e o trânsito voltou a fluir normalmente.
na ocasião foram declarados mortos duas leitoas
e vários feridos, um gravemente.
algumas pessoas se ofereceram para levar os feridos
para tratamento doméstico,
inclusive um açougueiro.
não foi permitido.

no rodoanel o que se viu foi uma bateção de cabeça sem limites.
custou alguém trazer seguetas e afins.
depois que começaram a soltar a carga,
finalmente, conseguiram retirar o caminhão
e deixar o pedágio livre para o próximo.
que prejuízo...

bom, depois de toda estafa e terror,
o que fazer com os porcos??
com um resgate emocionante como este
não seria coerente tocar para o abatedouro.
foram levados para um santuário.
são os primeiros porcos a chegarem no lugar.
bem, não é bem verdade...
ano passado teve linguiça suína na confraternização de fim de ano.

os porcos são animais dóceis e podem até substituir cachorros e gatos.
são bichos inteligentes!
o fato de remexer as refeições com o focinho
deu a eles um aspecto nojento e a fama de...porco.
por isso não foram tão aceitos como bichinho de estimação.
mas existem porcos famosos, foram protagonistas em filmes
e desenhos animados,
mesmo assim, lassie e garfield ganham em disparada de babe e peppa pig.
se bem que a peppa pig ta arrebentando!
bom, o fato é que agora entrou em cena uma vaquinha.
é...
uma vaquinha para muitos porcos.
vamos a notícia:

"Depois de uma carreta tombar na Rodoanel em São Paulo, os porcos que eram transportados rumo a um frigorífico chamaram a atenção de ativistas pelo direito dos animais. Isso porque só com o impacto da queda três dos 110 morreram. Os que sobreviveram ficaram sete horas à espera de ajuda. E, durante as tentativas de retirar a carreta da pista, vários ficaram mais machucados ainda.
Após ativistas resgataram os animais, outros criaram um projeto de crowdfunding para ajudar a financiar alimento, medicamentos e o abrigo para os animais resgatados.
O objetivo era reunir R$ 50 mil. Quando estava próximo de ser alcançado, a meta foi elevada para R$ 200 mil e agora está em R$ 300 mil. Segundo os organizadores, como não há uma previsão de quanto será necessário, estão tentando angariar o máximo possível de fundos. Eles dizem que doarão o dinheiro excedente para uma ONG de proteção animal.
Quanto: R$ 300 mil
Período: 25/08/2015 a 31/12/2015
Objetivo: construir abrigos, comprar comida, água e medicamentos para porcos de uma carreta tombada em São Paulo" (g1.com)

considerando que os porcos morreriam de qualquer jeito
e que a carne é popular desde os tempos do brasil colônia,
considerando que a feijoada é um dos pratos
mais famosos deste país, extremamente popular,
cabendo tanto nas favelas quanto nas feijoadas vips por aí,
considerando que não temos a tradição de criar porcos
para fins que não sejam o abate,
considerando a ceia de natal etc,
considerando tudo isso,
pra que enviar os bichos para tratamento?
tá: cuida, engorda e depois mata?
ou serão todos adestrados e postos para doação?
o que farão??
a vaquinha já está em quase 300 mil!
300 mil em três dias??
vão aumentar a meta mesmo!
vão construir uma cidade para os porcos!
ahhh gente!
fizemos uma vaquinha online para conseguir 3 mil reais
a fim de pintar um abrigo para moradores de rua, a casa santa gemma,
e também para fazer pequenas reformas e a campanha
tem mais de um mês.
ainda não alcançamos a meta.
acho que vou falar que é para os porcos do rodoanel...
quem sabe assim né?
bom, deixando de lado as más intenções,
pensemos nessa vaquinha:
ela também é vítima.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

o caminhão saiu cheio de vida.


71 corpos em decomposição,
abandonados num caminhão frigorífico.
esta é a nota muito triste em mais um capítulo
nas novas rotas de imigração.

"A polícia da Áustria disse que os corpos de 71 pessoas foram resgatados em um caminhão abandonado perto da fronteira com a Hungria na quinta-feira.
As vítimas podem ter morrido há dois dias por sufocamento e incluem 59 homens, oito mulheres e quatro crianças, entre elas uma menina de um ou dois anos. Segundo a polícia, o grupo deve ser de imigrantes vindos da Síria."

71 vidas repletas de uma nova esperança,
uma nova vida, longe da guerra, da violência do estado islâmico,
da fome, das cadeias.
aceitaram qualquer condição para sair do sofrimento
e das privações vividas em suas próprias terras.

o caminhão saiu cheio de vida.
os traficantes de seres humanos não se preocuparam com a segurança e conforto daquela gente,
afinal, qualquer lugar seria melhor que uma síria em plena guerra.
depois de horas na estrada uma breve parada para descansar e, porque não,
dá uma arejada no povo lá atrás?
o motorista abre a porta do baú e o que vê o faz perder o fôlego.
chama seu comparsa e, juntos, decidem abandonar tudo e...fugir.

o drama de tantas pessoas se repete dia a dia na europa.
gente que conseguiu salvar-se da travessia perigosa via mediterrâneo
e que, depois, continuam a saga por terra.
seguem a pé, pulam cercas e muros,
enfiam-se em qualquer buraco,
escondem-se no meio de cargas,
penetram no eurotúnel do jeito que der,
querem, apenas, chegar a um lugar melhor.

e muitos chegam.
descansam um descanso para sempre.
inebriam-se de água,
sugam todo ar possível,
dormem,
descansam para sempre
e sonham.
o sonho nunca será o limite.
(nem a morte!)
__mais um barco pra itália! mais um barco pra itália!!

o lula inflável foi atacado numa emboscada no viaduto do chá.


o lula inflável foi atacado numa emboscada no viaduto do chá.
vê se pode minha gente??
foi facada.
dois golpes certeiros e o lula caiu murcho.
no mesmo dia o ex-presidente luiz inácio lula da silva
afirma que, se preciso for,
volta candidato em 2018.
e volta pra moralizar tudo.
punição severa para menina das facada!
onde já se viu? uma jovem de 20 anos armada com faca?
deixem o lula inflado passear pelo brasil!
isso já uma forma de campanha não é não??
tomara que parem em olinda!
aí teremos festa!
e tudo termina em carnaval,
bem assim como deve ser neste país de bilhões!

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

a moça chega com as unhas no toco e saem com as unhas locas!


inventaram agora umas unhas feitas de gel, silicone,
fibra de vidro, etc que são um arraso!
a moça chega com as unhas no toco e saem com as unhas locas!
o preço ainda está alto mas o resultado é imediato!
reza a lenda que comê-las causa diarreia crônica.
é o fim das unhas roídas!
e o começo de uma nova vida!
as novas unhas da mulher amada!

bora no cartório?


uma noiva cortou meu caminho nesse finalzinho de manhã.
era a noiva vestida com a moda para o casamento civil.
fui vendo e apegando-me naquela beleza toda!
caso hoje mesmo e com comunhão total de bens!
bora no cartório?

pixuleco


pixuleco.
um neologismo fuleco.
mexe com nosso dinheiro,
com a nossa dignidade,
com as necessidades básicas do povo.

um pixuleco,
apesar do nome sugerir pequenez,
significa muito.
é muita grana suja pra ser lavada e levada
para os paraísos fiscais,
onde poderão tomar sol e encorpar mais.

enquanto os pixulecos tomam cores,
o povo rala de sol a sol
no paraíso brasil.
não tem tempo, sequer, de tomar água,
por mais que estejamos pisando no maior lençol freático do planeta.
um pixuleco só poderia matar a sede de muita gente.
mataria também a fome,
a falta de saúde,
a falta nas escolas.

o país do pixuleco pode ser rigoroso
e dar um basta nisso tudo.
prender quantas vezes for preciso e,
se possível,
manter encarcerado,
afinal, outros pixulecos podem nascer
nos ambientes mais inóspitos,
e dar lugar ao café,
ao molhar a mão,
ao agradozinho.

cadeia para os pixulecos!
e cadeia que não consigam pagar!

terça-feira, 18 de agosto de 2015

__um mundo onde os zumbis não se alimentam de cérebros?


os dedos estão na carne viva.
__o que é isso?
__um ataque de roedores.
__como assim?
__os roedores comeram minhas unhas. todas.
__sério? são deste mundo??
__sim...são...bem...nem tanto...pareciam de outro mundo...
__um mundo onde os zumbis não se alimentam de cérebros?
__isso...um mundo onde a principal fonte de vitaminas e carboidratos é retirado das unhas.
__esse mundo é louco...
__é...muita loucura que nos fazem pessoas sem unhas da noite pro dia.
__será que te pouparão para o casamento?
__não sei, mas já estou olhando unhas postiças.
__sei.

sábado, 15 de agosto de 2015

quero outras viagens para ilhas perdidas!


uma viagem rápida para as ilhas canárias
e outros paraísos tropicais
perdidos nos oceanos deste mundo.
fomos, eu e você,
para esta reunião propícia
e necessária para o descanso
de nossas belezas.
a sua beleza ofusca meu carro
e saímos para viagem.
o novo arranjo sobre a mesa enche de cores
os dois lados da moeda,
a mesinha de centro com rodas é outra peça rara.
um queijinho, um bom vinho, algumas rodelas de salaminho.
os amigos poderão puxar a mesinha para si
e nós, só observando.
as plantas pedem reforma
e assim vão sendo.
o vaso pintado a mão
foi desprezado:
merecia tratamento melhor.
tudo bem.
será doado para uma casa longe do condomínio de ricos.
ela segue mudando tudo de lugar!
um mês antes e tudo diferente de...
antes...tarde do que nunca!
a casa branca fica colorida
mais que a vida.
a felicidade entra por cada fresta.
é festa!
quero outras viagens para ilhas perdidas!

feito o pardalzinho sequestrado do ninho


repenso.
e penso novamente.
mais uma vez pego meu lenço.
estou atento.
em meias voltas me perco.
certo?
errado...?
volto o caminho.
ainda estou sozinho
feito o pardalzinho sequestrado do ninho
por um carcará de olhos famintos.
placas não ajudam.
nem nos postes,
nem nas hastes.
a cidade é cheia de defeitos
e se tivéssemos mais prefeitos
daí seríamos beirute nos piores dias.
o combustível no brasil está caríssimo.
não posso me dar ao luxo de ficar perdido.
arranco o gps do painel.
espero uma caçamba de entulhos.
barulhos!
atropelei um gato.
o bicho fingiu que ia e voltou.
era preto.
sete anos de azar?
poxa...foi um acidente...
gato burro!
mania de correr para morte!
nada de roleta russa,
nada de sorte,
nada de sete vidas.
o gato morreu
e o carro,
também.




segunda-feira, 10 de agosto de 2015

soltar aquela gargalhada diante de caras exaustas


decidimos que seria assim:
você iria os 90 quilômetros.
90 foi muito
e passamos para 25.
25 foi o suficiente
pra gente crer nas promessas de Deus,
afinal, bastava que você andasse.
e você andou muito,
seguindo na frente feito uma guerreira.
você é vencedora!
venceu os pinos e enxertos,
venceu as previsões pessimistas de sequelas,
caminhou fortemente por 8 horas
e mostrou a que veio:
para vencer.
os joelhos doeram e os pés se encheram de bolhas,
mas nada disso é sinal de fraqueza ou derrota,
são sinais de uma mulher de coragem e garra,
a mulher que preciso aqui do meu lado,
vencendo e suportando tribulações
para, depois,
soltar aquela gargalhada diante de caras exaustas.
você é minha água guerreira,
que desce do céu, das montanhas,
que enche meus riachos e me leva para o mar.
sou plena gratidão!
promessa feita,
promessa cumprida!


terça-feira, 4 de agosto de 2015

zumba, crossfit e etecéteras de perder o rumo!


a academia está lá:
paradinha...
esperando a água cair e se esbaldar!
mãos na cintura,
pernas pro ar!
zumba, crossfit e etecéteras de perder o rumo!
treinamentos pós romaria!
minha nossasinhoraauxiliadora!!
ajude essa corredora!
corre parada na esteira
mas não quer saber de comer mais besteira!
saúde é o que interessa!!
o resto não tem pressa!!!