sábado, 30 de abril de 2011

acorde ao som dos acordes dos anjos.


durma.
durma em paz e esqueça as dores.
descanse.
refute as dores em seus sonhos.
acorde ao som dos acordes dos anjos.

isso não é democracia nem aqui e nem no egito!


Irmandade Muçulmana cria partido no Egito

Reuters

"Relegada às margens da polícia egícpcia durante os anos da ditadura de Hosni Mubarak, a Irmandade Muçulmana, anunciou neste sábado a criação do próprio partido político, que será civil e não teocrático, para participar nas eleições legislativas de setembro.

A nova formação se chamará "Partido da Liberdade e da Justiça", anunciou Mohamed Hussein, secretário-geral da Irmandade Muçulmana, grupo islamita criado há mais de 80 anos e principal voz da oposição durante a revolta popular que derrubou Mubarak em fevereiro.

Hussein anunciou que a nova formação "não é um partido islamista no antigo sentido, não é teocrático". "É um partido civil".

A Constituição egípcia proíbe os partidos religiosos, classistas ou regionalistas.

A nova formação, que será dirigida por um membro do gabinete político da Irmandade Muçulmana, Mohamed al-Mursi, deverá coordenar suas posições com o grupo, mas com independência.

As primeiras eleições legislativas desde a queda do presidente Hosni Mubarak em 11 de fevereiro pela pressão popular acontecerão em setembro. Antes do fim de 2011 também serão celebradas eleições presidenciais.

A Irmandade Muçulmana é a maior força de oposição no Egito. A formação estava oficialmente proibida durante o regime de Mubarak, mas era tolerada no país, onde dispõe de influentes redes de ajuda social."

agora é comigo!

__muito bem meu povo!

cai a ditadura de mubarak e uma outra maior e pior e mais violenta se articula.

ninguém ganha nada.

lá vem uma ditadura de extremistas religiosos!

escreva isso aí.

triste.

isso não é democracia nem aqui e nem no egito!


sexta-feira, 29 de abril de 2011

um casamento real!


uau!
um casamento real!
e ponto final.

arroz brabo!


arroz feito com pressa.
arroz ao dente.
muito ao dente por sinal.
branco e seco.
salgado.
hummmm......como tinha sal!
por que um arroz ficou assim tão de repente?
ignorado no prato,
foi retirado de cena.
humilhado.
arroz brabo!
arroz ruim!
arroz esquisito!
arroz estranho arroz!
e a panela que o fez?
difícil de lavar!

os cães!

eles comem qualquer coisa!
o pit deu uma cheirada e
disse que comeria mais tarde...
foi gentil.
o aquiles quase me atacou
quando cheguei com o arroz na porta do canil.
depois de tudo, fui vitimado.
atacado por mãos sedentas de vingança.
e...
morri de ri!
mas o macarrão tava impecável!

sem direito à liberdade condicional.




a bandida entrou naquele coração
e o roubou para sempre.
e este foi o único crime que ela cometeu.
inafiançável.
sem direito à liberdade condicional.
apenas liberdade plena.
com direito a cela especial.
com direito a um bife com batatas fritas
e uma porção de queijo minas.
bandida...
a culpa é sua!
dê-me tuas algemas!
vamos dividir a chave dessa cadeinha
e tatuar nossos braços
com coraçãozinhos crivados de flechas!
vamos ficar fortes de tanto levantar pesos
e queimar muito durante o banho de sol.
oba!
vamos admirar o sol e suas sombras!

não precisamos de monstros na vida.


criar monstros é a coisa mais simples do mundo.
basta uma imaginação fértil
e uma sequência de equívocos na vida.
lá estão eles:
feios, aterrorizantes, desengoçados, féticos.
não precisamos de monstros na vida.
precisamos, apenas, de vida.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

você não merece coisas feias.


você não merece coisas feias.
não.
você não combina com coisas feias.
você só combina com o que é belo,
com o que é sutil,
com o verde manso
do horizonte e o azul anil
do infinito.
isso que é bonito!

uma pitada de sal


uma pitada de sal
é normal.
uma mãozada de sal também é.
mas....
uma pitada ou mãozada
na comida de quem
não é chegado em sal,
isso não é legal.

dicas pra quem se interessar mais pelo assunto:

1. Qual a importância do sal para saúde?

O sal está diretamente ligado ao volume de fluídos fora das células. Tudo que modifica a quantidade de sal afeta a retenção de líquidos no corpo. Ele ajuda a regular as passagens de líquidos e de substâncias pelas membranas das células, mantendo a pressão osmótica delas. Além disso, é importante para a transição de impulsos nervosos.

2. Sódio é sinônimo de sal?

Não. Cada grama de sal tem 400mg de sódio. Fique atento na hora de ler o rótulo dos alimentos: eles trazem a quantidade de sódio, e não de sal, que eles contém.

3. Quanto deve ser consumido de sal por dia?

A necessidade diária de sódio para um adulto é de 500mg. Recomenda-se que o consumo de sal seja de 4 a 6g no Maximo.

4. Há recomendações especificas para crianças e idosos?

Ambos devem consumir menos sal que os adultos. Aconselha-se que os pais não adicionem a substância à comida das crianças até os dois anos de idade. O leite materno e os alimentos já suprem naturalmente a necessidade de sódio das crianças. Além disso, evita-se, com isso, que elas se acostumem à alimentação muito salgada, já que nessa fase se forma o padrão gustativo. Já os idosos devem comer menos sal (o ideal seria de 5g por dia) porque tendem a reter mais sódio e também porque, com o envelhecimento, os vasos vão perdendo naturalmente a capacidade de distensão, sendo mais provável que desenvolvam hipertensão.

5. Em média, quanto sal os brasileiros comem por dia?

Não há estudos populacionais que determinem um valor médio para todo o país. Mas pesquisas realizadas em alguns Estados mostram que o consumo é de aproximadamente 12g, valor muito acima do recomendado.

6. Quem não acrescenta sal a comida come pouco sal?

Não necessariamente, estima-se que 75% do sal que consumimos seja proveniente de alimentos processados industrialmente. Molhos como o ketchup e o shoyu (molho de soja), produtos em conserva e embutidos são as opções mais ricas em sal. Os outros 30% vem dos alimentos naturais como o sal que adicionamos a comida.

7. Doces estão liberados?

Depende. Quem tem hipertensão deve evitar produtos adoçados com ciclamato de sódio. Assim como o sal, esse adoçante tem sódio, que afeta a pressão.

8. Posso suprir minha necessidade diária de sal só com alimentos naturais?

Sim. O sódio está presente na maioria dos alimentos, embora em quantidade pequena. Alimentos como carne, peixes e ovos podem suprir essa necessidade. O problema é que nossa alimentação é pobre em iodo, e o sal de cozinha é por lei, enriquecido com essa substância. O iodo é importante para saúde. As gestantes que tem consumo insuficiente de iodo, por exemplo, podem ter filhos com distúrbios cognitivos.

9. O que acontece a quem ingere uma quantidade insuficiente de sal?

Problemas causados por ingestão insuficiente de sal são raros, mas acredita-se que uma dieta muito restritiva em sal (menos de 1g por dia em adultos) altera o perfil lipídico do organismo, aumenta os índices de colesterol ruim. Ainda não se sabe qual o mecanismo que leva a essa alteração.

10.O excesso de sal leva á hipertensão?

Sim em populações que consomem muito sal, os índices de hipertensão são mais altos à medida que as pessoas ficam mais velhas.

11.O efeito do sal é o mesmo em todas pessoas?

Não, os graus da sensibilidade ao sal variam de pessoa para pessoa. Acredita-se que alguns indivíduos, por determinação genética, tenham rins que manipulam bem o excesso de sal no organismo. Essa característica também está ligada a grupos étnicos: entre negros, por exemplo, a prevalência de pessoas mais sensíveis ao sal é maior. Homens e mulheres também apresentam resistência diferente ao sal. As mulheres de modo geral são mais protegidas contra os efeitos do sal até a menopausa. Depois disso, o risco de ter hipertensão é mais acentuado nelas do que neles.

12.Como é possível saber se alguém é hipersensível ao sal?

Existem testes que permitem averiguar a sensibilidade ao sal. Entretanto eles são utilizados apenas em pesquisas. Esses exames não são usados na prática clínica porque a recomendação para todas as pessoas, independente de elas serem sensíveis ou não, é comer pouco sal.

13.Quem tem pressão baixa precisa comer mais sal?

Não, pois o fato da pessoa ter pressão baixa não significa que ela possa ter hipertensão no futuro. Além disso, sabe-se que o risco de problemas cardiovasculares é maior entre pessoas que comem muito sal mesmo quando elas não apresentam hipertensão arterial. O mesmo vale para problemas renais e digestivos. Estudos também mostram que o excesso de sal pode causar broncoespasmos, piorando quadro de asmas.

14. Já que o excesso de sal é liberado pelos rins, por que se preocupar com a quantidade?

O rim tem uma capacidade limitada para filtrar e excretar sal. Quando o consumo é muito alto, esse órgão trabalha sobre uma pressão maior e pode ter seu funcionamento comprometido. A hipertensão é uma das principais causas de doença renal crônica. Além disso, ingerir muito sal aumenta os riscos de cálculo renal (formação de pequenas pedras nos rins).

15.Em quanto tempo o organismo consegue expelir o excesso após uma alimentação sobrecarregada de sal?

Pessoas normais demoram de um a dois dias para reequilibrar o organismo. Em pessoas com hipertensão, o processo de eliminação do excesso de sal demora de cinco a sete dias.

16. Consumir sal em excesso dá celulite?

Não. A retenção de água que o sal promove é intravascular, e não na pele. Isso pode causar inchaço nas pernas ou nos dedos da mão, mas não celulite.

17. O sal causa problemas na tireóide?

Em termos o cloreto de sódio não afeta a tireóide. Entretanto no Brasil o sal é enriquecido com iodo, o iodo pode levar a tireóide de Hasshimoto em pessoas com predisposição genética a doenças auto-imunes. Em 2003 a Anvisa reduziu os níveis de iodo no sal para evitar esse tipo de problema.

18. O que é o sal ligth e quais são seus benefícios?

O sal ligth é formado por uma mistura de cloreto de sódio e cloreto de potássio. O sódio e o potássio agem sobre a pressão osmótica de forma diferente. Enquanto o potássio regula a retenção de líquidos dentro das células, o sódio age fora das células. Embora seja recomendado a pessoas com hipertensão, o sal light não é indicado para quem tem doenças renais. Apesar de o potássio não levar a doenças renais, problemas no rim provocam o acúmulo de potássio no corpo, o que aumenta os riscos de problemas cardíacos.

19. Qual a diferença entre sal marinho e sal mineral?

Embora sejam extraídos de formas diferentes (o mineral de minas subterrâneas e o marinho da evaporação da água do mar), os dois apresentam a mesma composição e causam os mesmos efeitos no corpo.

20. Qual a diferença do sal para o glutamato monossódico?

Além do cloreto de sódio, esse tempero tem outras substâncias que realçam o sabor de alguns alimentos. Como é rico em sódio não pode ser considerado uma alternativa saudável ao sal.

21. Faz diferença colocar o sal durante o cozimento ou adiciona-lo depois, quando a comida já está pronta?

Em termos. Os efeitos do sal são os mesmos, independentemente do momento em que foi adicionado à comida. Mas os médicos recomendam que as pessoas tirem o saleiro da mesa porque elas tendem a colocar mais sal quando a comida já esta pronta, do que quando ela está em cozimento.

22. Posso substituir o sal por outra substância?

Embora não exista um substituto para salgar os alimentos, o sal pode ser trocado, nas receitas, por ervas e condimentos que acentuam o sabor dos alimentos.

23. Grávidas devem seguir alguma orientação específica?

As regras são as mesmas, de 4 a 6g por dia. Como a mulher já tem uma tendência a reter líquidos durante a gravidez, o consumo excessivo de sal pode levar a pré-eclampsia, com aumento da pressão arterial. Entretanto a dieta não pode ser muito restritiva em relação ao sal, já que nos primeiros meses, a gestante tende a ter uma pressão mais baixa e falta de sódio pode diminuir o fluxo de sangue que chega à placenta.

24. Como deve ser o consumo de sódio por esportistas?

O sódio, assim como outros sais minerais, é liberado junto ao corpo pelo suor. Por isso, pessoas que se exercitam intensamente podem perder mais sódio. Mas isso só se torna um problema se o exercício for praticado por muito tempo (a partir de uma hora, uma hora e meia), principalmente em ambientes quentes e úmidos. Nesse caso a reposição deve ser feita por meio de bebidas isotônicas, e não pelo acréscimo de sal na comida.

25. Quais são as regras para utilização de sal nos alimentos processados?

A legislação brasileira não impõe limites para a quantidade de sal adicionada aos alimentos nem obriga à empresa a colocar alertas nas embalagens. Mas os fabricantes são obrigados pela Anvisa (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária) a informar no rotulo o teor de sal no alimento.

Fonte: Renata Fernandes (Nutricionista)

Depois da guerra travada contra o tabaco e o açúcar, as autoridades de saúde agora miram suas armas para outro vilão da dieta: o sal. Uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde mostra que a proporção de brasileiros com hipertensão arterial cresceu de 21,5%, em 2006, para 24,4% em 2009. (recorte da net 2)

O levantamento, que entrevistou 54 mil adultos, concluiu que, apesar de terem aumentado em todas as faixas etárias, os casos de hipertensão cresceram, sobretudo, entre os idosos – 63,2% das pessoas com 65 anos ou mais apresentam o problema. Em 2006, o porcentual era de 57,8%.

Pesquisas científicas já comprovaram a relação direta entre o consumo de sal e a hipertensão arterial, um dos grandes males de saúde pública no mundo. De acordo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), um brasileiro consome em média 12 gramas de sal por dia, quando o recomendado seria limitar essa ingestão a 6 gramas. Em geral, a quantidade é alta porque, além do sal contido no alimento industrializado, as pessoas não dispensam o saleiro durante as refeições.

Com os nossos hábitos alimentares já muito enraizados, sem dúvida seria quase impraticável abolir totalmente o sal, mas, ao estabelecer uma dieta, deve-se lembrar das dosagens contidas nos alimentos ao natural.

A carne, por exemplo, já contém 65 mg de sal em l00 g,

o ovo, 122 mg e

o peixe,140 mg em l00 g. Isso sem falar de

uma fatia de pão, 114 mg;

quatro fatias de bacon, 548 mg e das outras altas dosagens contidas nas conservas, nos biscoitos, nas sopas, e nos alimentos semi-prontos, e em algumas preparações açucaradas, onde o sal acentua o sabor. (recorte da net 3)


terça-feira, 26 de abril de 2011

olhe em "chamadas não atendidas"


um carro abandonado na via pública.
um sono perdido.
um tempo que trouxe nuvens de chuva.
que trouxe chuva mesmo.
estar perdido dentro do carro.
ser acordado pela água doce
que veio do céu
fazendo-me festas.
sono, sonho, realidade, liquidificador.
onde não se mistura dor.
amor sim.
ligações perdidas.
muitas.
olhe em "chamadas não atendidas".
e no mais tardar,
um beijo de boa noite
e um abraço demorado
de despedidas.
mais uma só até amanhã!


paz na mãe áfrica!




reflexos dos espelhos
em meio aos caldos
sôfregos e vermelhos,
as pernas enfraquecidas
de uma fuga insana
que nunca se acaba,
e quanto mais se foge,
mais se inflama.

gentes no desespero
de gritos roucos
e vozes cansadas,
de jeito morto,
de pele ressecada
e ossos protuberantes.

corre!foge!

até quando?
até uma nova aurora
pintar nesse céu
estranho,
pra onde olham
estes olhares
castanhos,
pra onde miram
os monstros
do mesmo
país.
chamem meus
pais!
quero só isso:
paz.

paz na mãe áfrica!

segunda-feira, 25 de abril de 2011

um = 1



um é tudo.
um é o primeiro.
um = 1.
um tem na sinuca,
e, de um em um,
vamos fazendo
zum zum.
única é seu número.
existe o número única.
única é você.
no começo,
no meio
e no começo.

domingo, 24 de abril de 2011

dia relâmpago ao seu lado!


meus pés se cansaram,
e a poeira me tomou.

mas...vê-la rapidamente...
minhas forças retomou!

um pouco na casa de sassinhoraparecida,
um pouco na casa de teresinhadijisuis!

um bolinho (de verdade) com cenoura laranja e chocolate;
dois bombons de doçuras muitas.

dia relâmpago ao seu lado!
um fôlego renovado!





sexta-feira, 22 de abril de 2011

encanto-me com seu silêncio.

encanto-me com seu silêncio.
nas dores, nas lágrimas, nas quedas.
encanto-me porque fizestes de tudo
sinal de vida e força,
prova de amor inquestionável.
na hora terceira da tarde
daquela sexta-feira,
seu último suspiro
abriu-se para nós
como uma porta
de infinitas possibilidades.
meu Jisuiscristinho,
com você,
com carinho eterno
quero ser.