segunda-feira, 30 de maio de 2016

coloquei as duas mãos na porta do banheiro


ela sentou-se sobre a nossa cama e
me agradeceu com um sorriso lindo
pelo taboleiro verde que ganhara.

ahh minha mãe natureza...sempre tão simples!

me trouxe também um presente:
uma mochila com estampa da bandeira da great britain.
que graça!
a muito não a via assim, sem estar sufocada
pela falta de ar.
estava bem!
depois, como num daqueles roteiros
que exigem do nosso cérebro,
segui pelo corredor da minha antiga morada,
coloquei as duas mãos na porta do banheiro
e olhei para o alto.
senti o cheiro, pasmem,
o mesmíssimo cheiro característico
e exclusivo de quando minha mãe natureza
ia ao banheiro para pagar a zidora.
ainda estou procurando nos flashes desse momento onírico
as explicações.
algumas coisas não tem explicação...

quinta-feira, 26 de maio de 2016

pode ser mininu homi ou minina muié!


a ansiedade toma conta!
ainda mais quando temos uma data marcada para fechar o mistério:
14 de junho, dias dos pais apaixonados!
pode ser mininu homi ou minina muié!
queremos com saúde e fé!
queremos ter nosso baby do jeito que vier!
nossa família vai crescendo e tomando conta de tudo!
a casa ficará menor,
e onde habitam saxofones habitarão fraldas,
onde habitam livros, bugigangas e etc,
estão pedindo para que habite apenas um carrinho de bebê.
estamos calmos com nossas unhas em processo.
esse ultrassom será um sucesso!!

5 motivos pra você conferir a lâmpada da lanterna traseira da sua motocicleta


5 motivos pra você conferir a lâmpada da lanterna traseira da sua motocicleta

1º é equipamento obrigatório! e transitar por aí com equipamento obrigatório
defeituoso ou inoperante dá multa! é uma infração média, 4 pontinhos na carteira!
2º é baratim! trocar a lâmpada traseira não fica em dé real!mais barato que a multa!
3º você é visto na rodovia. transitar com a lanterna traseira apagada é perigosíssimo! multiplique esse perigo se você estiver transitando numa rodovia. impossível te ver no cruzamento entre outros veículos.
4º você é visto durante um nevoeiro. a lanterna acesa em meio a neblina é pra te manter vivo!
5º fácil manutenção. se não tem tempo para ir a uma oficina, faça você mesmo! basta uma chave de fenda e uma lâmpada zerada!

a ana hickmann é da record minha gente!!!


o jogo é uma virada de mesa a cada novo vazamento na imprensa.
pensa!
num dia o mercadante,
noutro o delcídio!
que delírio!
num dia o cerveró,
noutro o lula!
tenha dó!
num dia a dilma,
noutro o jucá!
vem cá, que dia que isso vai acabar?
a cada novo episódio,
devidamente selecionado,
tudo é pro alto jogado!
e assim segue o país,
descrente,
sem rumo,
sem saber o que fazer amanhã,
com mais um grampo do sarney e renan,
com uma classe tão
manchada quanto os políticos
desse chão.
incertos,
sem saber se o neymar
jogará pela seleção na copa américa,
sem saber qual paixão doentia
transtorna o coração de um fã apaixonado,
que,
devidamente armado,
vai pedir selfie com a ana hickmann,
atira pra todo lado
e ainda acaba morto.
o país inteiro anda torto!

o supremo quer explicações:
__por que dizeis ser golpe?
o jucá já cantava a pedra
em prosa sorumbática
com o serginho malandro.
__cantava a pedra?? exclamou aécio.
com medo de ser a bola da vez,
mais uma vez,
aécio teve medo
e foi no helicoca dos perrelas
atrás delas.
__delas quem?
__das pedras ôo!!
sossega homi!
tu ainda tens o gilmar...!
furnas ainda é um bom lugar!

nada a temer quando se está mal acompanhado!
que dirá o michel? o eterno vice?
um novo ministério composto de fichados na lava jato!
o fim do ministério da cultura não é nada
se comparado a fala de um feliciano taciturno
que vem, gatunamente,
chamar artistas de vagabundos.

o país está inerte.

do meio de toda essa inércia
afluem pensamentos hilários
de apoio ao bolsonaro.
uma massa cinzenta perpetrada por zikas,
herpes, gonorreias e afins,
pedem a volta do que já foi fim.
__já foi tarde! era ruim!
o salvador da pátria seria mais um falastrão
de discurso fácil e monótono?
__oiee?? tudo bem? esqueceu?

estamos lascados!

a ponta do iceberg já revela a podridão.
já não é branca não!
emerge lambuzada por manchas espessas de óleo.

quem acredita em Deus pede pra Ele.
quem não, pede, por favor,
que retirem os crucifixos dos prédios públicos!
a coisa tá vergonhosa
e esse roteiro aberrante
faz corar nossas tezes!

fezes!

é o cheiro que emana daquele congresso,
do planalto, do senado!
meu Deus...
tudo errado!
erramos nas escolhas,
erramos nos acertos,
erramos no tempero,
erramos no molho, na massa, na brasa do forno!
nem para pizzas estamos prestando!
que país é esse??
tá, russo...

agora estão acusando a rede globo de boicotear o atentado contra a ana hickmann...
vê se pode?
a ana hickmann é da record minha gente!!!
ela é universal!
assim como o pré-sal,
a gillette, o bombril e as havainas!
ah! põe colgate e coca-cola na lista!





terça-feira, 24 de maio de 2016

nossas mãos não pesam e nossos olhos são leves!


tá macio aqui!
tá muito macio!
posso pular de ponta que não me machuco!
é uma maciez deliciosa!
é a coisa mais gostosa!
seis meses de casamento!
alegria total!
felicidade toma conta!
estamos macios!
extremamente macios!
nossas mãos não pesam e nossos olhos são leves!
é carnaval!
tempo de festa e nada de penitência!
tudo leve! tudo suave!
de onde vem as plumas?
dos céus ou das aves?
vem voando de aves que trocam penas!
ufa! não são depenadas!
proteja a natureza!
proteja porque eu e minha água estamos celebrando nossas
bodas de plumas!!
viva!!
chegamos nos seis meses com barriguinha de quase quatro!
bodas recheadas!!
viva!!
não vamos estourar foguetes porque protegemos a natureza!
viva!

parecíamos lavadeiras de rio!


o galinheiro estava sujo, mas muito sujo!
uma excursão com crianças pequenas chegava perto,
adentrando a cidade de catalão num pequeno ônibus.
uma subida íngreme levava a igrejinha no topo do morro.
mas o ônibus parou antes por causa de uma enchente repentina.
foi uma verdadeira pancadona de chuva!
fomos nos refugiar numa escola ali perto,
mas as salas de aula começaram a inundar.
começamos a arrastar as crianças para os lugares mais altos.
nesse momento, alguém pega baldes com sabão pastoso
e começa a distribuir:
__vamos lavar tudo! temos que aproveitar a água da chuva!
e começamos a esfregar os cantos, muretas, calçadas.
ensaboando e cantando qualquer coisa.
parecíamos lavadeiras de rio!
chegamos no galinheiro!

começamos, então, a projetar um novo galinheiro,
moderno, com vigas de aço e alumínio.
aplicamos tecnologia da nasa nisso tudo.
para quê??
vai saber!
o que vem desse momento onírico em 17/05/16?
inundação...? tecnologia...?
jogo do bicho?
canta o galo!

deu uma sacudida no pelo e respingou o quarto todo.


a barriga está grande e inchada.
__como pode um homem grávido??
__normal...
as dores do parto começam e não dá tempo de ir para o hospital.
o homem deita na cama e começa a fazer força.
__por onde vai sair esse bebê?
__vai ser tipo cocô...
e foi.
o bebê saiu e do cordão umbilical pulou sobre a barriga que o guardava.
mas...não era gente...!
era um cachorrinho peludo em tons amarronzados.
deu uma sacudida no pelo e respingou o quarto todo.
uma mulher, que não era a mulher daquele homem mãe,
observava tudo com indiferença.
o perigo de um momento onírico extremamente surreal
é o caboco se cagar na cama.
ufa! a realidade não reservou esta triste surpresa!
mas até que o cachorrinho era bunitinho!!

domingo, 8 de maio de 2016

minha água fica linda de mãe...


precisamos mesmo comemorar o dia das mães?
depois do natal, é a principal data para os lojistas.
bom, olhando por esse lado,
precisamos sim.
quanta gente depende dos lucros do dia das mães...
mas ser mãe é uma tarefa árdua e contínua
que merece gratidão e reconhecimento diariamente.
ser mãe é para sempre!
os filhos não podem trocar as injúrias
e ingratidões de 364 dias por uma panela de pressão
no 2º domingo de maio!
isso é maldade!
mãe merece nosso amor em cada segundinho de vida,
assim como ela fez e faz por nós,
com dedicação e amor de verdade.
minha mãe já está no céu e é inevitável
não chorar a ausência dela em um dia em que tudo
o tempo todo nos faz lembrar da nossa mãe.
as propagandas inflamam nosso coração
com filmes que emocionam,
as músicas, as entrevistas, a foto no jornal,
o bolo na associação, a festinha na escola,
o almoço em família.
é o apelo intenso para celebrarmos nossa mãe
e também para presenteá-la.
daí saímos feito loucos atrás de alguma coisa,
de flores, bombons, panelas e creme para os pés.
uma geladeira, um freezer, um forno, um móvel novo.
a gente corre, faz uma prestação,
paga a vista ou no cartão,
escolhe escolhe escolhe e dá mesma coisa do ano passado.
a gente fica desnorteado com tanta promoção no mês das mães,
daí pode ser que fazemos errado.
esquecemos de ser presente e damos mais um presente.

minha água está gerando em seu ventre um bebê lindo
que ainda não baba.
ela já é mãe.
e já são três meses de aventuras.
creio que ela é muito mais agora,
pois traz a criança dentro de si,
a envolve completamente,
seus corpos de misturam
e trazem texturas diferentes,
timbres diferentes,
cores diferentes.

durante a gestação
a mãe carrega as transformações externas
ao mesmo tempo que lá dentro
o milagre da vida se concretiza.
os hormônios ficam loucos!
no homem? só o coração.
na mulher? o coração e o resto do corpo todo!

minha água fica linda de mãe...
é uma fofura!
merece tudo em todos os dias!
merece muito mais que uma data comemorativa,
merece esta vida toda em festa!
por isso quero me dedicar
e me tornar expert em esparramar
óleo hidratante sobre a barriguinha que cresce
e estar sempre atento aos sintomas de mãe.
não quero ver sofrimento,
nem mágoa, nem dor alguma.
faço reza, faço prece,
feito o caetano rimo champagne.
quero ver felicidade nessa cara linda!
quero demonstrar que sou grato,
que minha felicidade é imensurável,
que minha felicidade transparece!
ser cachorrinho e não gato,
demonstrar isso com sorriso escancarado
e olhos brilhantes mais que estrelas no céu!

essa mulher fica assim mais bela,
com essa barriga que nada mais tem de magrela!
o sorriso da minha amada,
as unhas ansiosas,
o cheirinho de mãe,
os instintos e medos,
as descobertas incertas,
as horas e horas de pesquisa
nos milhares de sites
que falam sobre gravidez,
a fome pra dois,
de feijão com arroz
e pratos estranhos,
as vitaminas extras,
o anti repelente
constante que faz
cheirar na gente,
um monte de coisas que as vezes me deixam deslocado,
como um grito de dor inesperado
ou uma nova erupção subcutânea.
o que faço agora?
só olho?
menos mal que minha amada é forte!
pequena e valente!
enjoos? poucos!
desejos malucos e surreais?
até agora tudo dentro de um padrão aceitável.
estou com sorte!

minhã água é mãe.
uma super mãe que vai nascendo junto com o nosso baby.
ela se materializa gradativamente
seguindo as demandas de uma nova fase.
o jogo da vida não vem com receita
e cada um é um.
mas...aqui não mamãe!
aqui é nóis!
eu, você e o nosso baby!
uma nova família!
feliz dia das mães!
mamãe fresca e suave!
mamãe linda!
mais que espaçonave!
avião é pouco!
essa gravidinha vai me deixar cada vez mais louco!
numa loucura pela mãe e pelo filho,
sonho que acompanho assim, bem de perto até o parto!
normal?
nada!
isso é anormal!
é mais vida na terra!
é a nossa geração!
nossa descendência!
é Deus desenhando os dois num só!
é paz e não guerra!
feliz dia das mães!
mamãe fresca e suave!
mamãe linda!
mamãe que realiza sonho meu!
mamãe minha que merece as flores no jardim
e o meu coração bem pertim!
feliz os dias da mãe!