domingo, 26 de dezembro de 2021

Visitamos a Torre Eiffel

Visitamos a Torre Eiffel e paramos no restaurante para tomar um legítimo champagne francês. Compondo a mesa estava eu, minha professora Sônia e a família dela. Eu já estava me sentindo satisfeito em ter subido até ali na montanha de ferro mais famosa do mundo, mas a minha professora disse: sobe mais. Deixei a taça da amargura e do medo, subi até a ponta e me equilibrei, olhando sem jeito para baixo. O sem jeito era medo mesmo, perna bamba e trepidando mais que carro na rodovia Uberlândia/Prata. Num dado momento, me lembrei daquela foto lendária feita com uns operários sentados no meio do nada em um arranha céu em construção, a famosa Lunch atop a skyscraper, registro de 1932 por Charles Ebbets. Lá da ponta, me equilibrando de um lado para o outro, vi que era possível ter a calma daqueles homens do século passado. Sentei, pedi minha taça de volta e comemorei admirando a beleza da Cidade Luz, que estava ainda mais iluminada com a chegada do ano novo. Sou muito grato pela mestra que tenho para vira toda!

Nenhum comentário: