segunda-feira, 13 de março de 2017

__o bolso da calça bege!!


nela estavam anotadas telefones úteis e inúteis,
mas essa avaliação depende do ponto de vista do dono.
o que é um telefone útil?
corpo de bombeiros? 193!
polícia militar? 190!
ok, estes qualquer um sabe!
mas...e o número daquele cara que canta e toca violão,
apresentado no verão de 2002
numa viagem qualquer para um lugarzinho qualquer?
bom, esse número é importante! muito importante!
vai que um dia, voltando ao lugarzinho,
precise de uma abrigo, de um café, de uma moda?
mas...e o número daquele sujeito para quem,
em 2008, voltando de uma viagem,
ofereceu carona?
importante também!
vai que o sujeito precise de carona outra vez!
ah! ainda tem aquele contato da europa!
europa? sim! a agenda é internacional!
tem até contatos da áfrica!
enfim, é uma agenda rodada, globalizada!
apesar de tantos números e informações importantes,
a surrada agenda ficou alheia às novas tecnologias,
e quis permanecer assim,
de folhas abarrotadas de números e nomes,
com anotações na horizontal,
na vertical, na frente, no verso,
sobrepostas, errorex, rasuras,tons de azul,vermelho e verde,etc.
era uma agenda feliz pois tinha existência de vampiro.
é sabido que agendas de papel
costumam durar 365 dias,
esta já vai pra bem mais de 5.000!
ela é um milagre existencial!
a perseverança é maior do que podemos imaginar.

vamos aos fatos:

a velha agendinha de papel foi esquecida no bolso da calça,
calça, por sua vez, deixada de molho numa mistura de água,
sabão em pó, amaciante e um pouco de água sanitária.
diga-se de passagem, a calça também foi esquecida,
só dois dias de molho.
no segundo dia, ao procurar incansavelmente
a velha agenda pelos cantos da casa,
pelas frestas do carro,
em meio às flautas, zampoñas e queñas,
eis que uma luz amarela se acendeu:
__o bolso da calça bege!!
taquicardia, suor frio, medo...uma mistura de sentimentos,
alguns incompreensíveis, lágrimas e aquele pensamento:
"isso não pode tá acontecendo comigo!!"
chega no balde com os olhos arregalados
e retira com ignorância a calça molhada.
a água, que já fedia, espirrou nas paredes e no teto
e encharcou-lhe a roupa.
e a velha agenda realmente estava ali,
toda murcha, a ponto de esfarelar e desaparecer da face da terra.
mas, com os olhos lacrimejantes e mãos de restaurador,
retirou com o máximo de cuidado do bolso.
as páginas se soltaram e, folha por folha,
foram estendidas sobre um banco.
ora no sol, ora na sombra, ora em lugar nenhum.
a agenda é pequena,
assemelha-se aquelas velhas cadernetas de fiado,
só que menores ainda.
as folhas soltas facilitaram a secagem.
depois de horas monitorando as condições climáticas,
sobretudo, o vento, que poderia levar tudo pelos ares,
a velha agenda respirou.
as informações contidas, milagrosamente,
estavam salvas!
a alegria voltou para o coração apreensivo!
nesse momento, estuda-se a possibilidade de relatar
o caso como um autêntico milagre,
talvez encomendado à são longuinho
ou à santa rita de cássia.
até santo expedito, quem sabe?

com um grampeador, uniu novamente as folhas,
agora um pouco enrugadas,
mas ainda com pequenos espaços
que garantem uma sobrevida de,
pelo menos, uns 20 anos.
uma moça loira e de olhos verdes
sugeriu comprar uma agenda eletrônica
que garanta backup em caso de extravio,
mas a ideia passou batida.
então sugeriu uma agenda para o ano corrente,
aliás, as de 2017 estão em promoção!já estamos em março!
também não quis.
deu a ideia de um bloquinho de anotações novinho!
__pra quê? já tenho esse!

o amor sempre vencerá!

o bom é saber que, com esse mesmo amor,
o dono da agendinha se preocupa com os pequeninos,
se contorce para agendar uma vivência
ao lado dos moradores de rua,
dos doentes hospitalizados,
dos acamados,
dos mal amados.
mostra sua humildade e simplicidade no papel surrado,
mas também no dia a dia,
com sua vida que tanto vale para outras vidas.
é, sem dúvida, o doutor favorito de tanta gente,
justamente, por ser avesso aos títulos,
mas tão próximo do próximo.
bote na agendinha aí!!:
eu te amo!



Nenhum comentário: